Pabllo Vittar chama imprensa de 'nojenta' por divulgar suas contas bloqueadas

*** FOTO DE ARQUIVO *** SÃO PAULO, SP, 19.06.2022 - 26ª Parada LGBTQIA+ em São Paulo. Drag Queen Pabllo Vittar durante seu show na avenida Paulista, próximo ao MASP (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)
*** FOTO DE ARQUIVO *** SÃO PAULO, SP, 19.06.2022 - 26ª Parada LGBTQIA+ em São Paulo. Drag Queen Pabllo Vittar durante seu show na avenida Paulista, próximo ao MASP (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cantora Pabllo Vittar teve suas contas bancárias bloqueadas pela Justiça após atraso no pagamento de uma dívida de um imóvel comprado por ela em 2017. Porém, a divulgação do imbróglio irritou a artista, que reclamou e xingou a imprensa.

"Que engraçado, quando sai alguma notícia ruim sobre mim todos os portais de fofoca desse país soltam alguma nota falando e comentando. Se eu lanço algum trabalho é silêncio total! Vocês gostam é da desgraça alheia, vocês são nojentos", disparou a cantora que também disse que seus advogados já estão resolvendo as pendências no nome dela.

Segundo o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, Pabllo comprou uma casa em Uberlândia no valor de R$ 146 mil há cinco anos. A cantora pagou uma parte à vista e ficou de quitar o restante em dois meses. Só que esse prazo foi postergado e não houve pagamento. Ele só ocorreu seis meses depois, mas os juros e correção monetária não foram quitados.

Assim como Vittar, o comediante Whindersson Nunes também fez críticas ao modo de atuação de parte da imprensa em postagem na página da cantora.

"O dia que meu Instagram mais teve acessos foi quando anunciei que tínhamos perdido um bebê e sei que vai ter mais ainda quando for a minha morte. Sigo dando meu máximo na minha arte, por isso vou parar com tudo antes que isso aconteça", postou Nunes.