Pabllo Vittar brinca em mensagem de fim de ano: "Não seja boba por causa de macho"

·2 min de leitura
Pabllo Vittar (Reprodução Instagram)
Pabllo Vittar (Reprodução Instagram)

Pablo Vittar brincou com seus fãs nas redes sociais e compartilhou uma mensagem de Natal inusitada em seu Twitter. A cantora pediu que seus seguidores pratiquem o amor próprio em 2022, e que não dependam de ninguém para serem felizes.

"Que nesse próximo ano você aprenda a se amar, já que amar o outro não anda valendo de nada. Que você não seja boba por causa de macho, porque se ele fosse bom, estava aí te valorizando. Você é linda, mágica demais", afirmou.

Pabllo também deu um recado para as amizades que não vão ganhar uma segunda chance em 2022. "Que nesse ano você consiga vencer os obstáculos e não tropeçar neles. Que no próximo ano a gente fala novas amizades, e que os amigos antigos permaneçam só se forem de verdade. Se não prestarem, podem ir embora porque a gente não é caçamba de lixo".

Apoio à Lula em 2022

Indo cada vez mais longe, Pabllo Vittar quer ser convidada para a posse de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em 2023 na presidência do Brasil, caso ele seja candidato e eleito. A cantora contou que tem uma gratidão pelas coisas que o político proporcionou ao país durante seus dois mandatos.

A maranhense acredita que o posicionamento político pela classe artística é um dever. “É a influência do bem contra o mal. Se Deus quiser, estarei na posse do Lula. Quero receber o convite formal! Cantarei com um belo vestido vermelho ao lado dele”, disse em conversa com o UOL.

Ela ressaltou que o presidente, e as políticas públicas que implementou, fizeram parte da sua história. “Ele fez parte da minha infância e da minha vida. Cresci com Bolsa Família, no MST, projetos que ele proporcionou. É uma referência para mim. Acredito muito na mudança que ele pode trazer, com muita fé e sabedoria”, afirmou.

Com disputas acirradas para a presidência em 2022, em que o ex-presidente vence em todos os cenários que concorre, ela não teme sofrer ataques. “Vão acontecer porque o governo usa disso como arma para se promover. Mas não tenho medo porque ano que vem é Lula. Estou muito feliz que a gente vai sair desse buraco infernal”, celebrou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos