Otaviano Costa comenta fim do 'Vídeo Show': "Não tenho saudade"

Bárbara Saryne
·3 minuto de leitura
Foto: Divulgação/GNT
Foto: Divulgação/GNT

Otaviano Costa não renovou seu contrato com a Globo no ano passado. O apresentador resolveu investir no YouTube e em projetos curtos em canais fechados. Assim como Bruna Marquezine, que deixou a emissora em janeiro de 2020, Ota diz que estava em busca de liberdade e já se adaptou aos novos projetos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

“Não tenho saudade (do ‘Vídeo Show’, da Globo) porque estou fazendo o que mais amo fazer. Gosto de lembrar com muito carinho das coisas que já realizei, mas já foi. São capítulos que passaram”, diz ele, que estreia nesta terça-feira (10) no canal GNT como apresentador do reality ‘Extreme Makeover Brasil’.

O canal pertence ao grupo Globo, mas tem um contrato bem mais flexível. Enquanto apresenta a atração, por exemplo, Otaviano poderá manter seu canal do YouTube no ar. O formato produzido pela Endemol já é sucesso no exterior e o marido de Flávia Alessandra está bem feliz com a oportunidade.

“Vou fazer 47 anos e nesses 30 anos de carreira nunca tinha apresentado um reality, nunca tinha trabalhado com a Endemol e muito menos no canal GNT. Achei que já tinha feito de tudo na vida porque já tinha trabalhado com o Faustão, já tinha sido ator de novela, já apresentei o ‘Vídeo Show’, já trabalhei na casa da Angélica, fui da primeira geração da MTV, mas aí surgiu esse combo que eu nunca tinha feito”, celebra.

Leia também

Inquieto, Otaviano revela que tinha mais um ano ano de contrato com a Globo, mas partiu dele a decisão de não renovar com a emissora para poder se reinventar em outras plataformas. “Esse viés de transformação meu é constante. Aos 80 anos ainda terei coisas para fazer. Quando saí da Globo o meu principal objetivo foi inverter um pouco a polaridade do meu modelo de negócio, de conteúdo e artístico. A partir do momento que a forma de consumir mudou, eu também precisava mudar”, argumenta ele.

Segundo o apresentador, não é mais momento de ficar preso a um lugar só. “Não é mais TV aberta ou fechada ou internet. Agora é tudo e. É TV aberta e fechada e digital. Está cada vez mais em 360. Me sinto amplo com isso. Como artista, saber que posso fazer tudo isso me dá um tesão danado”, afirma.

Último apresentador que fez sucesso à frente do ‘Vídeo Show’ ao lado de Monica Iozzi, Otaviano não lamenta o fim da atração. Apesar das críticas, ele acredita que a Globo também está em busca de renovação com o ‘Se Joga’. “É uma proposta muito legal na faixa vespertina, que me habituei a fazer durante muitos anos. Tem desafios, risos, lágrimas, emoção, diversão. A Globo está o tempo todo buscando essa renovação para atender a demanda do público. Estou torcendo para que tudo dê certo para eles”, defende.