Osesp anuncia homenagem a Semana de 1922 na temporada do ano que vem

·3 minuto de leitura
*ARQUIVO* São Paulo, SP, BRASIL, 05-07-2019:  20 anos da Sala Sao Paulo.  Regente  Marin Alsop   rege a 8a sinfonia de Gustav Mahler  com OSESP (Orquestra SInfonica do Estado de Sao Paulo) e Orquestra sinfonica da Universidade  (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)
*ARQUIVO* São Paulo, SP, BRASIL, 05-07-2019: 20 anos da Sala Sao Paulo. Regente Marin Alsop rege a 8a sinfonia de Gustav Mahler com OSESP (Orquestra SInfonica do Estado de Sao Paulo) e Orquestra sinfonica da Universidade (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Osesp, Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, anunciou nesta terça (5) a sua programação para a temporada do ano que vem, que celebra o centenário da Semana de 1922.

Intitulada "Vasto Mundo" em homenagem aos versos "Mundo mundo vasto mundo/ Mais vasto é meu coração", do "Poema de Sete Faces" de Carlos Drummond de Andrade, a temporada dará ênfase a obras modernistas, mas incluirá trabalhos voltados desde o barroco até o contemporâneo. No total, serão mais de cem concertos, entre sinfônicos, recitais, do Coro da Osesp e do Quarteto Osesp.

O principal ciclo musical do ano, "Clássicos Modernistas", inclui 122 obras do período e oferece ao público um amplo espectro da produção dessa época, do "Prélude à l'Après-Midi d'un Faune", de Debussy, tido como marco inaugural da modernidade na música de 1894, até 1954, ano de fundação da Osesp e também da criação de duas obras-primas: o "Concerto Para Orquestra", do polonês Witold Lutoslawski, e a "Cantata Criolla", do venezuelano Antonio Estévez, sem falar no "Quarteto de Cordas nº 15" de Heitor Villa-Lobos, figura fundamental da Semana de Arte Moderna.

Em nota, o diretor executivo da fundação, Marcelo Lopes, afirma que o título de "Vasto Mundo" é "mais do que o nome para uma temporada". "É uma reafirmação dos nossos ideais humanistas e do desejo da Osesp de abraçar novamente seu público", diz.

Dentro do grande acervo de eventos, que inclui 109 concertos agendados para 2022, outros ciclos são destaque da programação da Osesp. Com "Viva Villa!", serão apresentadas duas dezenas de peças de Villa-Lobos. "Strauss Essencial" inclui cinco obras de Richard Strauss, entre as quais as seminais "Uma Vida de Herói" e "Sinfonia Alpina", regidas pelo diretor musical da Osesp, Thierry Fischer. Pelo ciclo "Escolha do Maestro", será exibida uma amostra das sinfonias do finlandês Jean Sibelius, além de seu "Concerto Para Violino", com a solista convidada Esther Yoo, na abertura em março, e as "Humoresques", com Carolin Widmann, em agosto.

Pela primeira vez, será realizado um ciclo dedicado a um único instrumento, "Violino em Foco". O conjunto de eventos trará ao palco da Osesp 10 violinistas convidados, que apresentarão as "Seis Sonatas" de Eugène Ysaÿe, compositor belga expoente do modernismo para o violino, em diálogo com obras de Bach, Paganini e outros autores.

Arrigo Barnabé, Jörg Widmann e Jimmy López serão recebidos como compositores visitantes. Ao todo, serão mais de 50 artistas convidados a se apresentar pela orquestra, entre os quais os brasileiros Antonio Meneses e Paulo Szot e os estrangeiros Kirill Gerstein e Heinz Holliger.

A temporada do ano que vem celebra também a múscia contemporânea através do ciclio "Música do Nosso Tempo". Jimmy López, Thomas Adès e Dieter Amman estrearão três concertos para piano, além de um concerto para trompete de Roberto Sierra. A orquestra também fará a primeira audição latino-americana de uma peça da americana Jessie Montgomery e outra do português Luís Tinoco.

Completa o quadro de estreias quatro obras encomendadas especialmente para a temporada: um "Quinteto com Piano" de Arrigo Barnabé, uma peça para 6 violinos de Luiz Amato, uma obra coral de Valéria Bonafé e uma composição de Marcos Balter, no concerto de encerramento, prefaciando a "Nona Sinfonia" de Beethoven, regida por Thierry Fischer.

Nesta quarta-feira (6) às 19h, o diretor artístico da Fundação Osesp, Arthur Nestrovski, e o diretor executivo da fundação, Marcelo Lopes, estarão juntos no palco da Sala São Paulo para uma live de lançamento da Temporada Osesp 2022, na qual apresentarão os ciclos e convidados que compõem a programação do próximo ano.

A reunião virtual ainda contará com apresentações musicais do Quinteto de Cordas da Academia de Música da Osesp e do Quarteto Osesp. A live será transmitida ao vivo no canal da Osesp no YouTube.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos