Oscar voltará a permitir participação na disputa de filmes de streaming

·1 minuto de leitura
Glenn Close durante entrevista no tapete vermelho do Oscars 2021, em Los Angeles, Califórnia, EUA

Por Jill Serjeant

LOS ANGELES (Reuters) - Os organizadores do Oscar transferiram a data da cerimônia de 2022 para o final de março nesta quinta-feira, um mês mais tarde do que o planejado originalmente, e disseram que filmes lançados em serviços de streaming voltarão a concorrer aos prêmios.

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos disse em um comunicado que a cerimônia do Oscar acontecerá no dia 27 de março de 2022 no local tradicional do espetáculo em Hollywood --ela havia sido programada originalmente para 27 de fevereiro.

Não se informou um motivo para a mudança de data.

A Academia acrescentou que, devido à pandemia de coronavírus, permitirá pela segunda vez que filmes feitos principalmente para lançamento em cinemas que foram transferidos para uma plataforma de streaming possam ser cogitados para o Oscar.

Dezenas de filmes foram lançados em serviços de streaming, como Disney+, HBO Max, Netflix e Amazon, nos últimos 15 meses, enquanto cinemas de todo o mundo foram fechados por causa da pandemia.

O Oscar de 2021 foi adiado de fevereiro para o final de abril pelo mesmo motivo, e aconteceu pela primeira vez na Union Station no centro da cidade de Los Angeles.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos