Oscar não incluiu Cameron Boyce e Luke Perry porque homenagem tem tempo limitado

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Fãs dos atores Luke Perry, 52, e Cameron Boyce, 20, ficaram indignados pelos dois artistas terem sido esquecidos no in memorian do Oscar deste ano. Com a repercussão na imprensa, a academia divulgou uma nota sobre o assunto. 

"Recebemos centenas de pedidos de colegas amados da indústria para o in memorian. Um comitê executivo considera a lista e faz a seleção baseada no tempo limitado da homenagem", diz trecho da nota.

No entanto, a academia afirma que todos os nomes vão para a galeria de fotos do site oficial do Oscar. A página foi atualizada e está com 164 nomes. 

O in memoriam do Oscar lembra os atores, produtores e profissionais do cinema que morreram no ano interior. 

A academia já havia dito que algumas mortes não entraram porque foram recentes. Orson Bean, 91, de "Quero Ser John Malkovich", por exemplo, morreu na sexta-feira (7), após ser atropelado. E também, Robert Conrad, conhecido por estrelar a série de televisão "James West", na década de 1960, morreu no sábado (8), aos 84 anos. 

Segundo a revista americana Variety, a academia não teve tempo de alterar a tempo a apresentação, que já estava pronta.

Já os demais atores realmente foram esquecidos. Perry morreu em março aos 52 anos. Além de ter feito parte do elenco da recente série "Riverdale", ele participou do último filme de Quentin Tarantino, "Era Uma Vez em Hollywood...", que rendeu o Oscar de ator coadjuvante a Brad Pitt.

Outra morte marcante do ano foi a de Cameron Boyce. O ator conhecido por produções da Disney como "Descendentes" morreu em julho, aos 20 anos. Segundo a família, o ator morreu durante o sono, após ter uma convulsão ligada a uma "condição médica preexistente".

Já Sid Haig ficou conhecido por atuar em filmes de terror. Ele também esteve no elenco de "Kill Bill: Volume 2" (2004), de Tarantino.

As fotos que passaram pelo telão foram acompanhadas pela jovem cantora Billie Eilish, 18, que interpretou o clássicos dos Beatles "Yesterday".