Os erros e acertos do Carnaval 2022

·6 min de leitura
Sabrina Sato pronta para desfile da Gaviões da Fiel; Marcelo Adnet homenageia Paulo Gustavo; Adereço danificado em carro da Portela (Foto: Reprodução/Instagram/@sabrinasato | Graça Paes/AgNews | Liane/Yahoo)
Sabrina Sato pronta para desfile da Gaviões da Fiel; Marcelo Adnet homenageia Paulo Gustavo; Adereço danificado em carro da Portela (Foto: Reprodução/Instagram/@sabrinasato | Graça Paes/AgNews | Liane/Yahoo)

Depois de dois anos sem folia e data alterada por conta da Covid-19, o carnaval fora de época de 2022 chega ao fim neste domingo (24) após desfiles das escolas nos Sambódromo da Sapucaí, no Rio de Janeiro, e do Anhembi, em São Paulo.

Mais Carnaval 2022

Divas do Carnaval

O destaque fica para as divas que desfilaram na avenida. A começar por Sabrina Sato. Rainha de bateria da Gaviões da Fiel, de São Paulo, e da Vila Isabel, no Rio, a apresentadora precisou organizar uma "operação de guerra" para conseguir participar da folia nos dois lugares.

Além de Sabrina, a cantora Iza também impressionou ao entrar na Sapucaí na última sexta-feira (22). Como rainha da bateria da Imperatriz, Iza usava uma fantasia que representava o "descobrimento do Brasil".

Iza na Sapucai (Foto: Dilson Silva / AgNews)
Iza na Sapucai (Foto: Dilson Silva / AgNews)

Viviane Araújo também roubou a cena ao desfilar exibindo a gravidez de cinco meses, fruto da relação com Guilherme Militão.

Viviane Araújo Acompanhada de Guilherme Militão com a Barriga aparecendo (Foto: Webert Belecio / AgNews)
Viviane Araújo Acompanhada de Guilherme Militão com a Barriga aparecendo (Foto: Webert Belecio / AgNews)

Quem também brilhou foi Giovanna Lancellotti, que virou a "primeira-dama" do Carnaval carioca. Namorada de Gabriel David, presidente da Beija-Flor de Nilópolis, Gio tem se esforçado para acompanhar o parceiro em todos os projetos e ficou mais exigente quando o assunto é desfile e escola de samba.

Destaque especial também para Paolla Oliveira, que emocionou como como Pombagira, representação feminina de Exu, orixá tema da Grande Rio. Ela usou uma fantasia com segunda pele muito fina e transparente, com tapa-sexo e lib nos seios, ambos em forma de fogo, além do costeiro da cabeça.

Rainha de bateria, Paolla ousou em fantasia de Pombagira, representação feminina de Exu (Foto:  Amanda Perobelli / Reuters)
Rainha de bateria, Paolla ousou em fantasia de Pombagira, representação feminina de Exu (Foto: Amanda Perobelli / Reuters)

Homenagens

A homenagem de maior destaque foi o desfile da São Clemente dedicado ao humorista Paulo Gustavo, que faleceu no último ano por complicações da Covid-19. Além de Thales Bretas, viúvo, e a mãe de Paulo, o momento contou com a presença de celebridades como Fábio Porchat, Ingrid Guimarães, Mariana Xavier e outros.

Outra homenagem que gerou emoção na avenida foi da cantora Lexa que teve como inspiração para sua fantasia o look usado por Luma de Oliveira em 2005. A cantora compartilhou nas redes sociais como foi compartilhar a notícia com Luma.

Estandarte de Ouro

A Grande Rio ganhou pelo segundo ano consecutivo o Estandarte de Ouro de melhor escola do Grupo Especial do Carnaval 2022. O anúncio foi dado neste domingo (24), o prêmio é realizado pelos jornais O Globo e Extra desde 1972.

A escola teve como rainha da bateria a atriz Paolla Oliveira e trouxe para a avenida do samba a história de Exu (orixá da comunicação e da linguagem).

Fora do BBB22

A saída de Pedro Scooby do BBB não foi tão triste assim. Sem perder tempo, o surfista aproveitou a eliminação e foi participar da folia. Ao Yahoo, ele relatou sua emoção por voltar ao Sambódromo e brincou que a mudança de data foi para esperá-lo: "Só podem ter me esperado para poder desfilar".

Bolsonaro vacinado

No segundo dia do desfile das escolas de samba do Grupo Especial de São Paulo, a Rosas de Ouro trouxe para a avenida um personagem do presidente Jair Bolsonaro (PL) que virou jacaré após tomar a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

Acidentes e Perrengues

A Paraíso do Tuiuti, além de ter o desfile afetado por atraso, ficou marcada por um acidente após mulher ser atingida por um carro da agremiação na hora da correria. Alba Regina, acabou presa entre o carro da escola de samba e a grade.

A Portela também sofreu com contratempos. Um dos carros da comunidade não conseguiu passar pelo viaduto da concentração e um dos adereços acabou sendo danificado. A escola entrou na Sapucaí com o problema escancarado.

Outro destaque negativo foi a morte de uma criança após acidente grave na Sapucaí. Raquel Antunes da Silva, de apenas 11 anos, foi imprensada por um carro alegórico antes do desfile da Em Cima da Hora, no Carnaval do Rio de Janeiro.

Carro da Portela com adereço danificado (Foto: Liane/Yahoo)
Carro da Portela com adereço danificado (Foto: Liane/Yahoo)

Fantasia emprestada

Devido à agenda lotada de compromissos profissionais, Deborah Secco entrou de última hora na Marquês de Sapucaí. Ao Yahoo, a atriz contou que conseguiu a fantasia "nos 45 minutos do segundo tempo".

Roubos na avenida

A ex-BBB Maria compartilhou nas redes sociais um aviso de que teve a carteira e o celular furtados em plena Marquês de Sapucaí. Além dela, o ator e humorista Fábio Porchat foi surpreendido por dois homens que tentaram levar seu celular. O roubo foi impedido por intervenção dos também atores Marcelo Adnet e Marcos Veras.

Barraco por ciúmes

Um barraco por ciúmes quase estragou a folia da mãe da cantora Lexa, Darlin Ferrattry. Ao ver sua mulher sendo "cantada" por um folião no camarote, o marido, Gabriel Azevedo, partiu para cima do sujeito.

Ex-BBBs

O ex-BBB Gustavo se irritou com o assédio dos jornalistas em cima do romance com Laís Caldas. Ao se questionado se aproveitaria o carnaval com a médica, ele respondeu: "Se vocês deixarem".

Em sua estreia na avenida, outra ex-BBB, Natália Deodato, estava acompanhada por um batalhão de seguranças e se recusou a dar entrevistas. "Manda as perguntas para minha assessora", disse ela ao ser abordada.

Fantasia rasgada

Durante desfile no Sambódromo do Anhembi, a fantasia da rainha de bateria da Tom Maior, Pâmella Gomes, rasgou. Branca, com muito brilho e transparência, uma pequena abertura acabou afetando toda a fantasia a medida que ia aumentando de tamanho. Contudo, Pâmella não abandonou a apresentação e continuou desfilando até o final do trajeto.

Pâmella Gomes, rainha da bateria da Tom Maior (Foto: Agência Brazil News)
Pâmella Gomes, rainha da bateria da Tom Maior (Foto: Agência Brazil News)

Assédio

A ex-BBB Viih Tube relatou em seu perfil no Instagram ter sido assediada em diversos momentos no camarote em que curtiu na sexta-feira (22), na Marquês de Sapucaí. "Perdi as contas de quantas mãos estavam tocando nas minhas partes íntimas, fiquei mega desconfortável, juro, tô travada ainda!", escreveu a influenciadora.

Bárbara Saryne, repórter do Yahoo, revelou que também foi vítima de assédio na Sapucaí. Ela estava cobrindo o evento. "Perdi as contas de quantas pessoas passaram a mão em mim. Era crianças, adolescentes, meninos novos", relatou a jornalista no Instagram. Em certo momento, um segurança de um dos camarotes precisou intervir.

Antirracismo foi a pauta

A maior festa do Brasil abriu espaço para falar sobre negritude, ancestralidade e antirracismo. Aliás, Carnaval é sinônimo de povos pretos, e essa retomada mostrou bastante isso. Escolas como Salgueiro, Grande Rio, Vai-Vai e Rosas de Ouro trouxeram homenagens e celebraram as raízes africanas do Brasil.

De última hora!

Tanto no Rio quanto em São Paulo, blocos fizeram festas fechadas ou com redução de público. No entanto, nenhum teve apoio da Prefeitura. O assunto repercute desde antes dos desfiles.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos