'Os Beatles nunca fizeram turnê por arenas', Mick Jagger responde a McCartney

***FOTO DE ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, BRASIL, 27.02.2016, 21h20 - O vocalista Mick Jagger (à esq.) e o guitarrista Keith Richards, da banda inglesa Rolling Stones, se apresentam no Brasil com a turnê ''Olé'' no estádio do Morumbi (Estádio Cícero Pompeu de Toledo), em São Paulo (SP). (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os Rolling Stones lançaram esta semana a primeira música inédita da banda em oito anos, "Living in a Ghost Town". Em entrevista para divulgar o single, inspirado pelo momento de reclusão gerado pela pandemia de coronavírus, Mick Jagger resgatou uma rixa tão antiga quanto sua própria banda.

O comentário foi uma resposta a outra entrevista recente, dada por Paul McCartney. "[Os Stones] são baseados no blues", disse o beatle ao apresentador de rádio americano Howard Stern. "Quando eles estão compondo algo, sempre tem a ver com o blues. Nós tínhamos um pouco mais de influências. Há muitas diferenças, e eu amo os Stones, mas estou contigo. Os Beatles eram melhores."

Jagger, em conversa com Zane Lowe, no serviço de streaming Apple Music, disse que McCartney era "um querido" e que "obviamente, não há competição", mas aproveitou para cutucar os Beatles. Para o vocalista dos Stones, a principal diferença entre os grupos está na relação com os palcos.

"Os Rolling Stones são uma grande banda de shows em outras décadas e outras áreas, enquanto os Beatles nunca sequer fizeram uma turnê por arenas ou tocaram no Madison Square Garden com um sistema de som decente", afirmou Jagger. "Eles terminaram antes que esse negócio começasse, o negócio das turnês de verdade."

O líder dos Stones continuou lembrando do histórico dos Stones em cima dos palcos. "Começamos fazendo shows em estádios nos anos 1970 e continuamos até hoje", disse. "Essa é a grande diferença entre essas duas bandas. Uma delas está inacreditavelmente e felizmente ainda tocando em estádios, e a outra banda nem existe mais."

Jagger, contudo, não falou sobre outro comentário de McCartney, de que os Stones costumavam copiar os Beatles nos anos 1960. Na época, as bandas despontavam mundialmente como grandes novidades da música jovem, o que também gerou alguma uma rivalidade.

O baixista deu como exemplo quando os Beatles lançaram o disco "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band", hoje um clássico do rock, em maio de 1967. Isso porque os Stones também lançaram um álbum psicodélico e conceitual, "Their Satanic Majesties Request", em dezembro do mesmo ano.

"Começamos a perceber que, qualquer coisa que fizéssemos, os Stones meio que faziam isso um pouco depois", disse o beatle. "Fomos aos Estados Unidos e tivemos grande sucesso. Então os Stones foram aos EUA. Fizemos 'Sgt. Pepper', os Stones fizeram um álbum psicodélico. Tem muito disso."