Onda de racismo e TikTok derrubado: atriz de 12 anos é alvo de fãs de "Percy Jackson"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Leah Sava Jeffries, escalada para
Leah Sava Jeffries, escalada para "Percy Jackson", em foto nas redes sociais. Foto: Reprodução/Instagram

Resumo da notícia:

  • Atriz de 12 anos teve conta derrubada no Tiktok após ação de fãs de "Percy Jackson"

  • Leah Sava Jeffries foi escalada parar viver Annabeth Chase em nova produção do Disney+

  • Internautas passaram a atacar a adolescente pela personagem ser branca e loira no livro

Escalada para viver Annabeth Chase em produção de "Percy Jackson" no Disney+, Leah Sava Jeffries vem sofrendo uma onda de ataques de racismo. Fãs da saga não aceitam a escolha da atriz negra para uma personagem que é originalmente loira e branca no livro.

Em menos de uma semana do anúncio da adolescente de 12 anos ao lado de Walker Scobell e Aryan Simhadri, que viverá Percy Jackson, e Aryan Simhadri, que assumirá o papel de Grover Underwood, parte do público já movimentou as redes contra a participação de Jeffries na trama.

Na noite de segunda-feira (09), durante uma live em seu Instagram, Leah, que ficou conhecida por estrelar a série "Empire", contou que sua antiga conta do TikTok foi suspensa por conta das interações ofensivas. No entanto, ela ressaltou que essa onda de ódio não irá tirar a convicção de seu trabalho.

O detalhe é que o próprio autor da obra literária, Rick Riordan, defendeu a seleção da Disney para o elenco. "Vocês estão julgando a adequação dela para esse papel única e exclusivamente pela aparência dela. Ela é uma garota negra interpretando alguém que foi descrito nos livros como branco. Amigos, isso é racismo", diz um trecho de um grande comunicado em seu blog, repudiando a reação de diversos internautas.

"A mensagem central de 'Percy Jackson' sempre foi que a diferença é a força. Há poder na pluralidade. As coisas que nos distinguem uns dos outros são muitas vezes nossas marcas de grandeza individual. Você nunca deve julgar alguém por quão bem eles se encaixam em suas noções preconcebidas. Aquele garoto neurodivergente que foi reprovado em seis escolas, por exemplo, pode muito bem ser filho de Poseidon. Qualquer um pode ser um herói", afirma em outro trecho.

"Se você não entende isso, se ainda está chateado com o elenco desse trio maravilhoso, então não importa quantas vezes você tenha lido os livros. Você não aprendeu nada com eles", completa o recado de Riordan.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos