O Senhor dos Anéis: Aragorn teria se casado com outra personagem se Tolkien não tivesse mudado de ideia

Não se pode dizer que existem muitos casais em O Senhor dos Anéis, obra literária de J.R.R. Tolkien que deu origem à trilogia de Peter Jackson. Mas um dos poucos que acompanhamos é suficiente para merecer nosso shipp eterno: Aragorn e Arwen, interpretados por Viggo Mortensen e Liv Tyler nos filmes. Se o romance entre um Homem e uma Meio-Elfo encantou o público, nem sempre foi essa a ideia do autor para o final de sua saga.

Uma vasta quantidade de anotações e rascunhos de Tolkien foi reunida em três livros intitulados "A História da Terra-média". Neles é revelado que Aragorn a princípio não se casaria com Arwen, e sim com Éowyn, uma mulher humana que desafiou seu papel tradicional para lutar contra os orcs e foi decisiva na vitória de Aragorn. Vivida por Miranda Otto no cinema, é uma personagem que originalmente teria maior espaço na trama.

Mais precisamente, Éowyn seria a primeira filha do rei Théoden (Bernard Hill) de Rohan e teria uma prima chamada Idis. Se você já leu ou viu O Senhor dos Anéis, sabe que nada disso acontece. Tolkien resolveu juntar as duas figuras femininas em uma única, mantendo o nome Éowyn, mas transformando-a na sobrinha de Théoden.

Ela e o irmão Éomer (Karl Urban) foram adotados pelo tio após a perda trágica do pai e, na sequência, da mãe. Quanto ao monarca, acabou tendo só um filho na versão final: Théodred (Paris Howe Strewe), que morreu em confronto com as forças de Sauron, deixando Éomer como o próximo na linha de sucessão.

A intenção inicial de Tolkien era que Aragorn e Éowyn se casassem depois de O Senhor dos Anéis, o que teria representado uma aliança entre Rohan e Gondor no pós-guerra. Contudo, em outro esboço de Tolkien, Éowyn morria após vingar Théoden durante a Batalha de Minas Tirith, fazendo com que Aragorn declarasse enfim seu amor por ela. O autor achou muito sombrio.

Além disso, havia uma enorme diferença de idade entre os dois personagens. Quando se encontram pela primeira vez em As Duas Torres, Aragorn tem 87 anos e Éowyn, apenas 24. Tolkien acreditava que Aragorn era "muito velho e nobre" para ela.

Portanto, ainda que Éowyn e Arwen tenham "disputado" o coração de Aragorn, Tolkien preferiu dar outro parceiro à humana – e deixá-la viva. No final de O Retorno do Rei, ela conhece Faramir (David Wenham), por quem se apaixona. Uma vez derrotado o Senhor do Escuro, os dois se casam, enquanto Aragorn e Arwen selam sua união como rei e rainha de dos reinos de Gondor e Arnor.

Leia o artigo em AdoroCinema

O Senhor dos Anéis nunca revelou como os Elfos fazem sexo – e foi por um bom motivo

O Senhor dos Anéis: Por que Peter Jackson mudou o final do livro de Tolkien para sua famosa trilogia de filmes?

"Estou gravando esta m*rda e fazendo o meu melhor": Assim Peter Jackson descreve a cena mais difícil de O Senhor dos Anéis

O Senhor dos Anéis: Como seriam as versões mirins de Frodo, Gandalf, Aragorn e seus amigos?

O Senhor dos Anéis: Se você pausar O Retorno do Rei neste exato minuto, terá uma surpresa especial