O que você precisa saber para começar o sábado

Mandetta chama de 'Osmar Trevas' ex-ministro convidado para reunião de Bolsonaro com médicos. Foto: Getty Images

Brasil tem 359 mortes e 9.056 casos confirmados de coronavírus, Major Olímpio protocola pedido de impeachment de João Doria, Mandetta chama de 'Osmar Trevas' ex-ministro convidado para reunião de Bolsonaro com médicos, Ministro da saúde pede para população seguir governadores e evitar aglomerações, Primeiros pagamentos do auxílio de R$600 devem ser feitos antes da Páscoa, O que se sabe até agora sobre vacina contra COVID-19, Isolamento social atingiu pico de quase 70% no Brasil em março, aponta índice.

Confira o que você precisa saber para começar o sábado, dia 4 de abril de 2020:

Coronavírus: Brasil tem 359 mortes e 9.056 casos confirmados

O Ministério da Saúde atualizou, na tarde desta sexta-feira (2), para 359 o número de mortes em decorrência do novo coronavírus. O número representa um aumento de 60 óbitos nas últimas 24 horas no país, ultrapassando a máxima de 58 atingida entre quarta e quinta.

Já o número de pessoas infectadas no país subiu para 9.056 casos, o que seria um acréscimo de 1.146 casos confirmados. A letalidade informada da doença seria de 4%.LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Major Olímpio protocola pedido de impeachment de João Doria

O senador Major Olímpio (PSL-SP) protocolou dois pedidos de impeachment do governador de São Paulo, João Doria. Um deles junto ao presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Cauê Macris (PSDB-SP), e o outro na Procuradoria Geral de Justiça do Estado.

O motivo do pedido seria um desvio de finalidade e abuso do poder pelo uso de um helicóptero de uso de policiamento pessoal para fins pessoais. Segundo o senador, a aeronave foi colocada em uma oficina para ser transformado para “uso pessoal”.LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Mandetta chama de 'Osmar Trevas' ex-ministro convidado para reunião de Bolsonaro com médicos

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, quebrou o silêncio no grupo do Democratas, seu partido, ao comentar a notícia de que Osmar Terra (MDB-RS), ex-ministro da Cidadania, foi convocado para uma reunião de médicos com Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto, da qual ele próprio foi excluído.

Na manhã desta sexta-feira, após um correligionário compartilhar uma reportagem sobre o caso, respondeu com duas palavras: "Osmar Trevas". Foi a primeira vez que ele se pronunciou no grupo do DEM em toda a crise.LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Mandetta pede para população seguir governadores e evitar aglomerações

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, voltou a defender a necessidade de distanciamento social para reduzir o risco de contágio pelo novo coronavírus, que já matou 359 pessoas no país. Ele pediu para a população seguir as recomendações dos governadores de seus estados.

As orientações divergem do que tem defendido o presidente Jair Bolsonaro, que, entre idas e vindas, já se pronunciou a favor de relaxar medidas de isolamento. Bolsonaro também tem entrado em choque com governadores que adotaram medidas para restringir atividades econômicas e diminuir a circulação de pessoas. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Primeiros pagamentos do auxílio de R$600 devem ser feitos antes da Páscoa

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, afirmou nesta sexta-feira que os trabalhadores informais elegíveis "muito provavelmente" receberão antes da Páscoa o primeiro pagamento de 600 reais da ajuda emergencial concedida pelo governo em decorrência da pandemia de coronavírus.

Segundo Onyx, os trabalhadores elegíveis são os informais que estão dentro do Cadastro Único. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Coronavírus: o que se sabe até agora sobre vacina

Uma corrida global para desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus está em curso. Instituições de pesquisa e a indústria farmacêutica de todo o mundo correm contra o tempo para encontrar uma imunização segura e eficaz contra o vírus responsável pela Covid-19. Segundo um documento da OMS, ao menos 41 vacinas estão em desenvolvimento hoje - duas já em avaliação clínica, com teste em humanos, nos Estados Unidos e na China. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Isolamento social atingiu pico de quase 70% no Brasil em março, aponta índice

A partir de uma base de dados com cerca de 60 milhões de dispositivos móveis de todo o Brasil, uma empresa de segurança da informação e antifraude criou um índice de isolamento social. A ferramenta permite mapear a movimentação de pessoas dia a dia, o que pode ajudar na elaboração de ações preventivas de combate a pandemia do novo coronavírus.

A média nacional do índice aponta para um crescimento da taxa de isolamento dos brasileiros a partir do dia 14 de março, quando autoridades públicas passaram a tomar medidas de restrição para prevenir a expansão da doença pelo país. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.