O que você precisa saber para começar a sexta-feira

Foto: Aloisio Mauricio/Fotoarena/Sipa USA

Bolsonaro diz não saber se o próprio ministro é inocente, Venezuela nega culpa por manchas de petróleo no litoral nordestino e EUA frustram planos do Brasil em relação a OCDE.

Confira o que você precisa saber para começar a sexta-feira (11):

Inocente ou não?

"Não sei se ele é culpado ou se é inocente. Pelo que sei até o momento, está um exagero no inquérito. Vamos aguardar o desenrolar do processo. Mas a intenção não é o Marcelo, sou eu. Querem me rotular como corrupto ou dono de laranjal", disse o presidente Jair Bolsonaro durante sua live semanal. O caso, conhecido como 'laranjal' do PSL, tem rachado os parlamentares do partido e pode causar uma debandada de congressistas para outras siglas.

Venezuela nega culpa por manchas de petróleo

estatal petroleira venezuelana PDVSA negou responsabilidade nos derramamentos de petróleo registrados na costa do Brasil, após o Ministério do Meio Ambiente brasileiro indicar que o líquido preto que chegou às praias "muito provavelmente" veio da Venezuela. A empresa considera "infundadas" as afirmações do Brasil, "já que não existe evidência alguma de derramamento de petróleo nos campos petrolíferos da Venezuela que pudesse ter gerado danos ao ecossistema marinho do país vizinho".

Brasil segue fora da OCDE

O governo dos EUA se recusou a endossar a tentativa do Brasil de ingressar na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), marcando uma reviravolta após meses de apoio público por parte das principais autoridades norte-americanas. Em março, o presidente Donald Trump, em entrevista coletiva conjunta com o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, na Casa Branca, declarou apoiou à entrada do Brasil no grupo de 36 países.

Cocaína no avião da FAB

O 2º sargento da Aeronáutica flagrado com 39kg de cocaína transportada em um avião da FAB (Força Aérea Brasileira) inocentou os colegas militares que o acompanhavam no voo. Manuel Silva Rodrigues foi preso ao desembarcar na Espanha de um avião que integrava a comitiva do presidente Jair Bolsonaro ao G20, em julho. Militar afirmou que agiu sozinho, sem o conhecimento de parentes ou militares. Rodrigues também fez questão de frisar que os colegas que o acompanhavam no voo em que foi flagrado com a droga também não tinham conhecimento do tráfico.

Caso Marielle

A escritora e professora Anielle Franco, irmã de Marielle Franco, afirma estar revoltada com a atitude do governo de Jair Bolsonaro de ter concedido passaporte diplomático a familiares do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ), Domingos Brazão. Ele é suspeito de ser um dos mandantes do assassinato da vereadora e de ter obstruído as investigações do caso. “Há suspeita de envolvimento do Brazão no crime e a família dele recebe passaporte diplomático do governo. Isso é revoltante. É como se a morte de Marielle não tivesse importância”, diz a irmã de Marielle.

Fora Tite?

Após mais um resultado que não agradou aos torcedores brasileiros, a #ForaTite foi a maneira que os internautas encontraram para reclamar do empate por 1 a 1 contra o Senegal, em Singapura. O nome do treinador foi um dos mais falados na rede social nesta manhã. Além do resultado, muitos brasileiros criticaram a atuação da Seleção e a falta de novidades nos jogos.