O que você precisa saber para começar a quarta-feira

Foto: AP Photo/Eraldo Peres

Bolsonaro irrita ala de seu próprio partido, denúncia de tortura realizada por agentes federais em presídio no Pará e ministro denunciado por candidaturas laranja é convocado a depor.

Confira o que você precisa saber para começar a quarta-feira (09):

Bolsonaro x seu próprio partido

No seu encontro diário com apoiadores na entrada do Palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) tirou foto com um fã que se disse pré-candidato pelo partido em Recife. Então, recomendou no ouvido dele: “Esquece o PSL. Tá ok? Esquece”. Uma ala da sigla desaprovou a fala do presidente. Um deputado chegou a dizer que o “PSL não pode virar o PT da direita”.

Tortura em presídios no Para

O Ministério Público Federal pediu afastamento do coordenador da força-tarefa enviada pelo ministro da Justiça, Sergio Moro, ao Pará no fim de julho para controlar os presídios, após massacre em uma unidade em Altamira terminar com a morte de 62 presos. O documento de 158 páginas aponta uma série de casos de tortura que teriam sido perpetradas pelos agentes federais. Entre as práticas estão empalamento, perfuração dos pés de presos com pregos, espancamentos com cassetete, uso reiterado de balas de borracha e spray de pimenta e disparos de arma de fogo.

Ministro denunciado por ‘laranjal’

ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, foi convocado a prestar esclarecimentos em uma comissão do Senado sobre o caso das candidaturas laranjas do PSL. Diferentemente do convite, o comparecimento por convocação é obrigatório. Caso ela não seja atendida, o presidente do Senado pode instaurar o "procedimento legal cabível" contra a autoridade.

4 cavaleiros do apocalipse

O deputado federal Felipe Rigoni (PSB-ES) foi o convidado do Vozes da Nova Política. Formado em Engenharia de Produção pela UFOP (Universidade Federal de Ouro Preto) e com mestrado em Oxford, ele é o primeiro parlamentar cego eleito para a Câmara dos Deputados. Entre suas principais bandeiras, está a Educação, que segundo ele vem estagnada durante os 9 primeiros meses do governo de Jair Bolsonaro. “Acho que o governo hoje tem o que eu chamo dos 4 cavaleiros do apocalipse. Os ministérios da Educação, dos Direitos Humanos, das Relações Exteriores e do Meio Ambiente".

Mudança no Instagram

O Instagram, rede social de fotos do Facebook, eliminou a aba "seguindo", que mostra o que os contatos da rede social estão curtindo em tempo real. A função causava problemas relacionados à privacidade de alguns usuários, que se surpreendiam ao saber que as interações com fotos alheias eram exibidas a outros contatos.

Pontos fracos do VAR

A falta de qualidade dos árbitros em campo e no vídeo não é a única causa do enorme fracasso do VAR em território brasileiro. O Blog do Nicola conversou com ex-árbitros, comentaristas de arbitragem e gente ligada à CBF e descobriu que outros três pontos ajudam a explicar por que existem tantas decisões erradas dos homens do apito depois de 23 rodadas do Campeonato Brasileiro.