O que fazer quando se tem desequilíbrio hormonal? Médico dá detalhes sobre tratamento

Shutterstock
Shutterstock

Os hormônios desempenham um papel fundamental na saúde geral. Como resultado, há uma ampla gama de sinais que podem sinalizar quando um desequilíbrio está acontecendo, como falta de energia, dificuldade de foco, perda de massa muscular, entre outros fatores. O endocrinologista Ronan Araujo explica como identificar os sintomas e reequilibrar o organismo.

"É fundamental que os hormônios estejam ajustados pois, dessa forma, favorecem nossa saúde cardiovascular, protegendo o coração e gerando outros inúmeros benefícios. No caso do homem, há proteção contra o câncer de próstata e na mulher, contra o câncer de mama", revela.

"Quando a pessoa apresenta um desequilíbrio hormonal, significa que ela tem muito ou pouco de um determinado hormônio no corpo. Além disso, tanto homens quanto mulheres, de todas as faixas etárias, estão suscetíveis a sofrer, em algum momento da vida, com a desregulação dos hormônios, o que pode causar, entre outras coisas, excesso de fome, irritabilidade, cansaço ou insônia. Mesmo pequenas mudanças podem ter sérios efeitos em todo o corpo", acrescenta.

Segundo o Dr. Ronan Araujo, os principais sintomas de que nosso organismo está desequilibrado são:

Ganho de peso
Perda de peso
Fraqueza muscular
Fadiga
Dores musculares, sensibilidade ou rigidez
Aumento/ diminuição da frequência cardíaca
Aumento da sensibilidade ao frio ou calor
Micção frequente
Aumento da...

Veja mais


Veja também

Rosto perfeito? Médico alerta sobre riscos da harmonização facial, tratamento que encanta famosos
Round glúteo: tudo o que você precisa saber sobre o tratamento para o bumbum antes do verão chegar
Lipo LAD: médico esclarece mitos e verdades sobre cirurgia que conquistou celebridades