O que é acupuntura e quais são seus benefícios

Gastrite, enxaqueca, tendinite e tiques faciais podem ser tratados pela acupuntura (Getty Images)

Cada vez mais vemos as pessoas recorrendo à Acupuntura para realizar alguns tratamentos. Mas o que é acupuntura? Ela é uma técnica chinesa de tratamento alternativo que consiste na aplicação de agulhas em pontos específicos pelo corpo para tratar doenças e promover o bem-estar. Sua história remete há mais de 2 mil anos e integra as práticas da Medicina Tradicional Chinesa, conhecida como MTC.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Acupuntura é reconhecida no Brasil como complementar

Ao longo do tempo, já foram realizados vários estudos sobre a técnica e existem diversas comprovações científicas de que a acupuntura funciona. Porém, no Brasil, ela só é utilizada para complementar o tratamento clínico orientado pelo médico tradicional. A acupuntura, desde 1995, é reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina brasileiro como especialidade médica e faz parte da lista de Práticas Integrativas Complementares, do Ministério da Saúde.

Leia também:

Agulhas funcionam como estímulos bioquímicos

A inserção das agulhas de acupuntura estimula as terminações nervosas existentes na pele e em os outros tecidos, estimulando o sistema nervoso a liberar substâncias químicas nos músculos, na medula espinhal e no cérebro, desencadeando diferentes efeitos no corpo, como ação analgésica ou anti-inflamatória, por exemplo. O estímulo bioquímico promove as habilidades naturais de cura do corpo e ajuda o bem-estar físico e emocional.

Benefícios para humanos e animais

Muitas vezes a acupuntura é usada em tratamentos relacionados à tensão, estresse e condições emocionais, mas como tratamento complementar de problemas físicos a técnica tem sido cada vez mais utilizada e tendo ótimos resultados. A OMS (Organização Mundial de Saúde) reconhece o uso da acupuntura nos seguintes tratamentos:

  • Distúrbios digestivos: como gastrite, hiperacidez, constipação e diarreia.

  • Distúrbios respiratórios: como sinusite, rinite, dor de garganta, bronquite, asma e infecções pulmonares recorrentes.

  • Distúrbios neurológicos e musculares: dores de cabeça, tiques faciais, dor na coluna cervical (pescoço), patologias no ombro, cotovelo de tenista, tendinite, dor ciática.

  • Dores crônicas: como dor lombar e no joelho decorrentes de artrites, para reduzir a frequência de dores de cabeça tensionais, prevenir dores de cabeça da enxaqueca crônica, dor pós-operatória e cólica renal.

Os pets estão autorizados a receber o tratamento

Os pets também podem se beneficiar da técnica (Getty Images)

A acupuntura também é vem sido usada na Medicina Veterinária em gatos, cães e cavalos, por exemplo. Vale ressaltar que o tratamento deve ser realizado por um profissional autorizado.