O que dizem os dirigentes sobre Ceni no São Paulo e Renato Gaúcho no Fla?

Jorge Nicola
·2 minuto de leitura
Rogério Ceni não tem permanência garantida no Fla e é defendido no São Paulo (Bruna Prado/Getty Images)
Rogério Ceni não tem permanência garantida no Fla e é defendido no São Paulo (Bruna Prado/Getty Images)

Os rumores de que Rogério Ceni pode virar treinador do São Paulo e Renato Gaúcho do Flamengo têm aumentado entre empresários do mercado do futebol. As certezas são que Ceni e Diniz só ficam no Flamengo e no São Paulo, respectivamente, se forem campeões brasileiros.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

O Blog também procurou representantes dos dois clubes para conferir os boatos. Vice-presidente de futebol do Fla, Braz afirmou que Ceni segue com respaldo da diretoria. Já o presidente tricolor Julio Casares nem aceita comentar sobre um sucessor para Diniz, a fim de dar força ao atual comandante.

Leia também:

Apesar disso, o São Paulo já iniciou a busca por um novo treinador. Houve contato de um representante do tricolor com Miguel Angel Ramírez, espanhol que tem acordo verbal com o Internacional. Ceni surgirá, naturalmente, como o candidato natural especialmente se estiver livre no mercado.

Ceni tem boa relação com Casares e também com Muricy Ramalho, coordenador de futebol do São Paulo.

Já Renato Gaúcho vive seus últimos dias de contrato com o Grêmio e tem evitado falar sobre o futuro. As pessoas próximas do treinador entendem que seu ciclo no Tricolor gaúcho está perto do fim e o sonho de treinar o Flamengo é dos mais antigos.

Importante: havia resistência a Renato Gaúcho entre alguns dirigentes do Flamengo no ano passado, em meio à rivalidade criada com Jorge Jesus nos confrontos entre os times.

Mas o Rubro-Negro já percebeu que será difícil encontrar um substituto de peso para Ceni. Marcelo Gallardo, o preferido de praticamente todos os torcedores, é inviável por causa da parte financeira e das possibilidades de propostas da Europa.

Ramirez também já foi desejado na Gávea, mas esbarra no mesmo problema do São Paulo: o acordo com o Inter.

A única certeza é que tudo será definido em no máximo um mês, entre o fim do Campeonato Brasileiro e o início dos estaduais.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos