15 anos de “O Diabo Veste Prada”: mais de US$ 1 milhão em trajes; você sabia?

·2 minuto de leitura

Resumo da notícia:

  • O filme “O Diabo Veste Prada” foi lançado em 2006 e se tornou um marco na cultura pop.

  • A produção foi indicada a dois Oscar e teve excelentes resultados nas bilheterias.

O icônico filme “O Diabo Veste Prada” está completando 15 anos de seu lançamento. A produção, dirigida por David Frankel e baseada no romance homônimo de Lauren Weisberger, trouxe grandes nomes do cinema e se tornou um marco na cultura pop.

A história é centrada em Andy (Anne Hathaway), uma recém-formada jornalista sem qualquer senso de estilo que consegue um emprego na prestigiada revista Runway, comandada pela temida Miranda Priestly (Meryl Streep). À medida que se envolve dia após dia com roupas de grife e tarefas bizarras, Andy percebe que deve tomar uma decisão: investir em sua vida pessoal ou trilha um caminho de puro sucesso.

Trazendo nomes como Emily Blunt e Stanley Tucci ao elenco, o longa foi aclamado pela crítica, conquistando duas indicações ao Oscar e arrecadando mais de US$325 milhões nas bilheterias mundiais.

Confira abaixo algumas curiosidades sobre o filme:

1. Apesar de diversos empréstimos de designers de moda, a figurinista Patricia Field gastou mais de US$1 milhão na construção dos trajes das personagens, tornando-o o filme mais caro da história em relação às vestimentas. Field conquistou uma indicação ao Oscar por seu trabalho no longa.

2. Anna Wintour, editora-chefe da revista "Vogue" e inspiração para Miranda Priestly, não foi convidada para estreia. Ela, entretanto, participou de um teste de exibição para a imprensa ao lado da filha, vestida inteiramente de Prada. Sua filha dizia constantemente: “eles acertara isso!”. Apesar de nunca ter feito comentários públicos, ela teria gostado do filme.

3.A personagem de Emily, interpretada por Blunt, não seria inglesa no roteiro. Entretanto, a atriz acreditou que seria mais interessante soar imperiosa. Em diversas cenas, ela corre na parte de trás dos cenários, apesar das sequências não serem escritas ou dirigidas. Blunt sentiu que a personagem deveria estar sempre ocupada, querendo mantê-la “viva” no filme.

4.Todos os figurinos foram vendidos em leilão para pesquisas contra o câncer de mama. Hathaway comprou o belíssimo casaco de lã verde que usou no filme, enquanto Streep resolveu guardar os óculos de sol característicos de Miranda (colocando-os novamente na cena “Money Money Money” em ‘Mamma Mia!’, dois anos mais tarde).

5.Antes da contratação de Streep, inúmeras atrizes foram consideradas para o papel de Miranda Priestly, incluindo Jennifer Aniston, Cameron Diaz, Angelina Jolie, Gwyneth Paltrow, Helen Mirren, Michelle Pfeiffer, Julia Roberts e Hilary Swank. No final das contas, Streep fez um ótimo trabalho e conquistou mais uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos