Dieta vegetariana funciona mesmo para prisão de ventre?

(Reprodução/Twitter/@maisa)

Nos últimos dias a internet bombou com o cocô da atriz Maisa Silva. Ou melhor, a falta dele, uma vez que a ex atriz de ‘Carrossel’ revelou que, quando criança, passou 15 dias sem ir ao banheiro. A "confissão" veio no Instagram, durante uma conversa com uma seguidora após Maisa revelar que as coisas melhoraram depois que ela virou vegetariana.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Maisa, então, passou a receber diversos conselhos de fãs para as redes sociais. A nutricionista Vivian Ragasso, responsável pela área de nutrição esportiva do Instituto Cohen de Ortopedia, reabilitação e medicina do esporte, esclarece as dúvidas sobre prisão de ventre e alimentação.

Leia também

1. Quais os alimentos que devem ser evitados para quem sofre com a prisão de ventre? E os que devem ser consumidos em maior quantidade?

Basicamente devemos evitar consumir industrializados como açúcar, farinha branca, refrigerantes, embutidos e carnes processadas (linguiça, salsicha, presunto, salame...) bolos, bolachas recheadas, frituras, Fast food, gordura e fritura em excesso. Banana, goiaba e maçã devem ser consumidas com bastante água durante o dia.

Já os alimentos que devem ser consumidos para evitar são: frutas, verduras, legumes (tanto crus quanto cozidos), aveia, gérmen de trigo, cereais integrais (farinhas integrais, arroz integral), sementes (girassol, linhaça, chia, gergelim) e principalmente o consumo de água deve ser alto e constante ao longo do dia.

2. A prática de exercícios auxilia de alguma forma para evitar este mal?

Sim, a atividade física ajuda a estimular o bom funcionamento do organismo como um todo e auxilia no peristaltismo intestinal ajudando no processo de evacuação.

3. Em casos mais graves, qual a indicação de procedimentos?

Em casos mais graves procure ajuda de um especialista para que investigue todas as causas e corrija alguns detalhes importantes avaliando principalmente a saúde da microbiota intestinal e só então prescrever probióticos, prebióticos, nutracêuticos e enzimas digestivas específicas para cada caso. E também melhorar desde a mastigação quanto a ingestão adequada de alimentos na dieta e ajuste de hidratação da pessoa.

4. Existe um perfil específico de pessoas que podem ter a prisão de ventre?

Geralmente as pessoas que mais sofrem com isso são as mulheres, gestantes e idosos.

5. A prisão de ventre é algo que pode "terminar" ou sempre será necessário um cuidado?

Se bem tratado e mantido os bons hábitos alimentares esse quadro pode sim ser corrigido definitivamente.