Nuno Leal Maia volta às telas como mago em sitcom

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
*ARQUIVO* SÃO PAULO / SÃO PAULO / BRASIL  21-/01/13 -17 :00h - PERFIL DO ATOR NUNO LEAL MAIA . ( Foto: Karime Xavier / Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO / SÃO PAULO / BRASIL 21-/01/13 -17 :00h - PERFIL DO ATOR NUNO LEAL MAIA . ( Foto: Karime Xavier / Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ator Nuno Leal Maia, 73, está prestes a estrear um de seus mais diferentes personagens na TV em 50 anos de carreira. Em participação especial na sitcom de humor infantojuvenil "Bugados" (Gloob), o artista encarna um mago que transporta os alunos de um colégio para a Idade Média.

Para Maia, o mais interessante do papel é que ele permite uma caracterização com direito a barba branca e chapelão. "Sou ator e me interesso por qualquer personagem que me permita sair do comum. No caso, este era um", diz.

"Para mim, tanto faz se o papel está no universo infantil ou no adulto. O que importa é a grandeza dele. Poderia até trabalhar em um asilo de velhinhos se tivesse um bom personagem", diverte-se.

A terceira temporada da série "Bugados" chegou ao canal Gloob nesta segunda (30), a partir das 17h. Maia fará participação em um episódio duplo, que devem ir ao ar nos dias 16 e 17 de setembro. "Foi maravilhoso", diz.

Nuno Leal Maia fez alguns trabalhos pontuais em diferentes emissoras desde seu último papel na Globo, em 2012, na novela "Amor Eterno Amor". No ano seguinte, também participou de um episódio em "Malhação".

De lá para cá, o ator participou em 2017 da série "Juacas", do Disney Channel, como um professor de surfe. Ele também pode ser visto na série "Chuteira Preta", exibida em 2019 pelo canal Prime Box Brazil. A trama falava sobre o submundo do futebol, tema bastante vivo na trajetória de Maia, que foi treinador de futebol na década de 1990.

"Quando me envolvo em um projeto, nunca penso se a mídia é grande ou pequena, mas sim no que poderei realizar como ator, se conseguirei fazer um bom trabalho. Se fosse pensar em mídia, nunca faria teatro, por exemplo, onde quase sempre a mídia é pequena", afirma.

Nuno Leal Maia conta que foi convidado para a participação em "Bugados" em 2019, ano em que também viajou bastante pelo exterior. "Depois disso veio a pandemia e ficamos de quarentena geral."

O ator evita dizer que está de volta. "Ainda não fui", diz, aos risos. Sobre projetos para o futuro, diz que pretende cuidar da saúde. "Apenas penso em cuidar melhor de mim e da minha saúde. Se algum projeto interessante aparecer, vamos estudar o que fazer com carinho", conclui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos