Nude conceito? Museu compartilha pinturas e esculturas ‘explícitas’ no OnlyFans

·2 min de leitura
Museu expõe obras do italiano Amedeo Modigliani no OnlyFans (Foto: Amedeo Modigliani, Female Semi-Nude (1918) – © Albertina, Wien – Sammlung Batliner)
Museu expõe obras do italiano Amedeo Modigliani no OnlyFans (Foto: Amedeo Modigliani, Female Semi-Nude (1918) – © Albertina, Wien – Sammlung Batliner)

Resumo da Notícia:

  • Instituições de arte de Viena estão buscando diblar as regras do Instagram e Facebook 

  • As cerca de cinco instituições querem também protestar contra o conservadorismo na arte 

  • Quem assina o perfil ganha um ingresso para visitar as instituições presencialmente na Áustria 

Sabe aquela foto mais conceito, aquela nude especial, que você acha que vai passar no Instagram, mas é derrubada? Isso também acontece com quem compartilha telas de pintura feitas há centenas de anos e um museu na Áustria mudou de plataforma para compartilhar suas obras.

A cidade de Viena, capital da Áustria, iniciou um movimento para que seus museus e galerias compartilhem as várias obras que contém nudez no OnlyFans, que ficou famoso por abraçar criadores de conteúdo sexual, e não censura até pinturas milenares como o Instagram.

Leia também:

“Ao longo dos anos, Viena foi o lar de alguns dos artistas mais famosos do mundo - incluindo Egon Schiele e Koloman Moser, cujas obras ultrapassaram os limites do que era considerado aceitável na arte e na sociedade da época. Dificilmente é surpresa saber que algumas de suas obras de arte caíram em conflito com os censores há mais de 100 anos. E a batalha contra a censura ainda continua: com o surgimento das mídias sociais, proibições como essas estão de volta às manchetes. Os principais canais de mídia social, como Instagram e Facebook, têm nudez e conteúdo “obsceno” em sua mira”, diz um comunicado emitido pelo governo.

E eles continuam: “É por isso que decidimos colocar as mundialmente famosas obras de arte ‘explícitas’ da capital no OnlyFans. Os assinantes agora podem ver trabalhos provocativos de nomes como Egon Schiele, Richard Gerstl, Koloman Moser e Amedeo Modigliani - todos exibidos para que todos possam ver na capital. OnlyFans sacudiu a mídia social, dando aos criadores uma plataforma onde eles poderiam compartilhar livremente conteúdo pornográfico e com nudez com os assinantes.”

A assinatura da conta do museu está em promoção até o fim do mês e custa cerca de R$ 17 e garante benefícios na cidade. “Os assinantes de mente aberta do OnlyFans são elegíveis para um Vienna City Card gratuito ou um ingresso grátis para os museus apresentados (Leopold Museum, Kunsthistorisches Museum Vienna, Naturhistorisches Museum Vienna e Albertina), onde as obras de arte sem censura em questão podem ser vistas pessoalmente”, avisa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos