'Pantanal': Juma vai sofrer com 'segunda morte' de Maria Marruá

Cena de Juma em 'Pantanal' (Foto: Divulgação/ TV Globo)
Cena de Juma em 'Pantanal' (Foto: Divulgação/ TV Globo)

Juma (Alanis Guillen) vai chorar a morte da mãe, Maria Marruá (Juliana Paes), pela segunda vez na novela "Pantanal". Incorporada em uma onça, Maria morre ao ser baleada por Renato (Gabriel Santana), filho de Tenório (Murilo Benício), em cenas que vão ao ar na semana que vem, causando desespero também no Velho do Rio (Osmar Prado).

Juma estará ao lado de Jove (Jesuita Barbosa) quando Maria for baleada e irá sentir que a mãe teve sua segunda morte, na novela das nove, que chega ao fim com uma morte surpreendente e quatro casamentos. "A mãe num tá mais aqui... Mataro ela, Juventino... Tiraro, ôtra veiz, a vida de Maria Marruá! Eu sinto... Ou melhor: num sinto mais ela...", dirá a "mulher-onça".

"Num sinto mais nada... A mãe num é mais onça... É. Ela desencantô... Pra sempre... Desencantô pra nunca mais vortá. Acabô.... Agora ela é só osso... Que nem o pai", prosseguirá a filha de Maria, que terá sua "terceira vida" ao ressuscitar no corpo da neta. Juma será consolada pelo marido, com quem dribla uma crise no casamento, agravada pela chegada de Miriam (Liza Del Dala).

"Não fica assim, Juma... Eu... Eu não sei nem o que te dizer", falará o filho caçula de José Leôncio (Marcos Palmeira), emocionado. Quem antecipa é o colunista André Romano, do "Observatório da TV". Não custa lembrar que, na "primeira vez que morreu", Maria Marruá foi assassinada por um matador de aluguel a mando de Muda (Bella Campos).