Nova série "Star Wars", “Andor” explora dias sombrios da revolução na galáxia

Ator Diego Luna, que estrela nova série "Star Wars", “Andor”

Por Lisa Richwine

LOS ANGELES (Reuters) - A nova série de televisão da saga "Star Wars" contará a história de um período sombrio na vida do futuro herói de “Rogue One”, Cassian Andor, enquanto ele decide o quão longe chegará em sua batalha contra as forças opressoras, disseram o ator e o criador da série nesta quarta-feira.

“Andor” estreará no serviço de streaming Disney+, da Walt Disney, em 21 de setembro. A série com 12 episódios terá o ator Diego Luna no papel principal, um rebelde que se sacrificou pelo bem maior no fim do filme “Rogue One”, lançado em 2016.

O criador Tony Gilroy, falando com repórteres em um evento da Associação de Críticos de Televisão, disse que se baseou em pequenas partes do filme para criar um passado para o personagem. Em “Rogue One”, Cassian menciona que está lutando na revolução da galáxia desde que tinha 6 anos de idade.

“No fim do filme, ele diz: ‘Meu Deus, se não fizermos esse último esforço, então todas as coisas horríveis que eu fiz pela Rebelião terão sido em vão’”, disse Gilroy. “Então nós sabemos que há um período bem sombrio”.

A série começa cinco anos antes dos eventos de “Rogue One”, disse Gilroy, e a primeira temporada cobrirá um ano. A Disney já pediu uma segunda temporada, que cobrirá os quatro anos seguintes que levam até o começo de “Rogue One”.

“Acima de tudo, é uma série sobre pessoas normais”, vivendo suas vidas cotidianas, disse Gilroy, mas que são forçadas a tomar decisões épicas.

Luna disse que "Andor" não é previsível, embora o público saiba que a história de Cassian termina como um jovem que dá sua vida pelos outros.

"Vou desafiar tudo o que você acha que sabe sobre Cassian", disse Luna. "Vou lhe dizer algo que você não sabe sobre o que desencadeia isso."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos