Aromaterapia: conheça os benefícios dos óleos essenciais e saiba como usá-los

Close up of mixed race woman smelling aromatherapy oil
Close up of mixed race woman smelling aromatherapy oil

Por Luana Kondrat

Cada vez mais pessoas têm recorrido aos tratamentos holísticas para manterem o corpo e a mente em equilíbrio. Não à toa, a aromaterapia surge como uma das vertentes mais procuradas quando o assunto é a busca por bem-estar. Trata-se de uma terapia que utiliza os princípios ativos dos óleos essenciais para o cuidado com a saúde, explica Mariana Vitte, do W SPA, em São Paulo.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

A substância promete ajudar a combater diversos desconfortos, podendo ser usada de muitas formas. Descubra como e aproveite tudo o que a aromaterapia pode fazer por você.

Leia também:

O que é a aromaterapia?

É uma técnica antiga e que, atualmente, tem ganhado espaço no mundo todo como um método complementar de bem-estar, visando a manutenção, prevenção e recuperação da saúde através do uso de óleos essenciais, conta a psicoaromaterapeuta Sandra Spiri.

“Essas substâncias nada mais são do que matérias naturais extraídas de diferentes partes das plantas – caule, flor, folha, raiz, semente e resina – através de métodos específicos que, no fim, resultam em um líquido carregado de princípios ativos com propriedades terapêuticas comprovadas cientificamente”, completa. Entre os inúmeros benefícios a psicoaromaterapeuta destaca o efeito analgésico, relaxante, anti-inflamatório e expectorante. E não é só: os óleos essenciais atuam de forma exemplar nos campos emocionais e mentais.

De que forma os óleos essenciais atuam no corpo?

Basicamente, os óleos essenciais são absorvidos através do olfato ou da pele, caem na corrente sanguínea e agem diretamente sob o sistema nervoso central, diz Mariana Vitte. Entenda:

Olfato: os óleos essenciais possuem substâncias odoríferas que, ao serem inaladas, estimulam as células nervosas olfativas – tudo isso em menos de dois segundos, explica a terapeuta holística, Karla Assis Martineli. “Esse estímulo é capaz de desencadear diversas reações como a ativação do sistema límbico, que processa todas as informações vindas dos terminais nervosos conectados ao bulbo olfativo”, conta.

Como o sistema límbico está diretamente relacionado aos comportamentos sociais e emocionais, ele acaba associando informações sensitivo-sensoriais com o estado psíquico interno, chegando diretamente ao sistema nervoso central, no qual irá processar todo esse conhecimento e enviar sinais para as partes do corpo, executando assim os dados recebidos, esclarece.

Pele: quando aplicados sobre o corpo, os óleos essenciais são absorvidos através da derme para, então, atuar no local desejado. “Nesse caso é necessário utilizar um carreador como os óleos vegetais, que possuem composição compatível com a pele facilitando a absorção dos ativos”, conta Karla Assis Martineli.

Woman smelling the essential oil in Japan
Woman smelling the essential oil in Japan

Quais os benefícios para a mente e o corpo?

Hoje, a aromaterapia é utilizada como complemento de variadas terapias e procedimentos voltado para o bem estar de forma geral, ou seja, ela trata o indivíduo e não a doença. “É uma técnica que normalmente é utilizada para controlar situações como estresse, ansiedade, insônia, depressão, síndrome do pânico, preocupação excessiva, falta de criatividade, hiperatividade, clareza mental, entre outras”, esclarece Sandra Spiri. Ela diz ainda que a aromaterapia ajuda a cuidar das emoções diante de situações adversas, de doenças ou outras situações conflitantes. “A técnica auxilia no entendimento dessas emoções, fortalecendo o aspecto mental do indivíduo para que ele as enfrente de forma mais segura”, conta. Além disso, pessoas de todas as idades e graus de saúde podem se beneficiar com a aromaterapia. “Ela é reconfortante para bebês e crianças e oferece aos idosos uma sensação de cuidado”, diz Karla Assis Martineli.

Como a aromaterapia pode ser usado no dia a dia?

Antes de mais nada, é preciso entender como os óleos essenciais devem ser utilizados já que, geralmente, eles são concentrados e, por isso, não devem entrar em contato direto com a pele, alerta Karla Assis Martineli. O ideal é sempre diluí-lo em uma base neutra, em álcool de cereais ou em óleo vegetal, considerando um limite de segurança de até 2% de concentração, ou seja, para um frasco de 15 gramas ou 15ml de base neutra usar, no máximo, 6 gotas do óleo, diz Sandra Spiri.

Feito isso, a aromaterapia pode ser realizada através da aromatização de ambiente, compressas, massagem, inalação, limpeza, banho e pele. “Graças às suas propriedades analgésicas, relaxantes e estimulantes, os óleos essenciais são muito utilizados em massagens, podendo ser diluídos em óleos vegetais como o de amêndoas doce, o de semente de uva ou o de óleo de coco”, indica Karla Assis Martineli.

No banho, a substância é uma ótima alternativa para acalmar a mente e melhorar o sistema respiratório por meio da inalação, explica a terapeuta holística. Durante a ducha, experimente aplicar três gotas em um canto do box e, na banheira, cerca de dez gotas. O Eucalipto Globulus funciona como descongestionante respiratório, enquanto o Verbena da Índia acalma o nervosismo e a intranquilidade, finaliza.

Lembre-se: alguns óleos essenciais, como o alecrim, não podem ser usados por pessoas hipertensas ou gestantes. Por isso, antes de dar início ao tratamento procure o acompanhamento ou a orientação de um profissional. “Ele foi treinado para ter o conhecimento pleno de todos os óleos essenciais e qual a forma mais adequada de uso de acordo com o caso e o tipo de pessoa”, adverte Sandra Spiri.

Close-up of a woman smelling tea tree oil
Close-up of a woman smelling tea tree oil

Quais fragrâncias valem a pena investir?

Cada aroma possui diversos benefícios. Descubra qual o melhor para você, segundo Karla Assis Martineli.

Insônia: laranja doce, lavanda francesa, Lavandim, Lemongrass, Manjerona, May Chang, Ólibano, Petigran, Sálvia Sclarea e Vetiver, Camomila Romana.

Estresse: lavanda e Verbena Índia.

Ansiedade: absoluto cacau, jasmim e rosas, gerânio, hortelã levante, lima mexicana, manjericão, turmérico, vetiver e Ylang-Ylang.

Melhora do foco: alecrim Cineol.

TPM: Gerânio.

Afrodisíacos: anis estrelado, canela casca, gengibre, gerânio, manjericão, pimenta preta e pimenta rosa, salvia sclarea, sândalo amyris e Ylang-Ylang.

Dor de cabeça e enxaqueca: hortelã pimenta.

Animadores: ajowan, alecrim cineol, anis estrelado, café torrado, cálamo, junípero, limao siciliano, mandarina verde e vermelha, noz-moscada, tangerina e tomilho branco.

Antidepressivos: absoluto cacau, jasmim e rosas, benjoin, breu branco, calamo, gerânio Bourbon, laranja doce, lima mexicana, manjericão doce, olíbano, tomilho branco, salvia sclarea, verbena Índia e vetiver.

Como tirar proveito dos óleos essenciais?

Seja no travesseiro ou nos difusores, os óleos essenciais possuem diversas formas de uso. Mariana Vitte ensina como.

Insônia: antes de dormir, pingue 2 gotas de óleo essencial de lavanda no canto da fronha do travesseiro. A lavanda ajuda o corpo a relaxar e a mente a desacelerar, o sono se torna mais profundo e reparador.

Estresse e Ansiedade: no banho de banheira, pingue 5 gotas de óleo essencial de laranja doce, de eucalipto e de menta em 100 gramas de sal marinho. Misture bem para distribuir os aromas e, em seguida, derrame na banheira durante o banho de imersão. Se for usar no chuveiro, pingue 5 gotas de cada óleo no chão do box: ao iniciar o banho, a água quente fará um vapor com as fragrâncias.

Melhorar o foco: pingue uma gota de óleo essencial de alecrim em um colar de difusor pessoal e use quando precisar trabalhar ou estudar.

TPM: em 100ml de creme hidratante neutro, pingue 20 gotas de óleo essencial de gerânio. Aplique a mistura em todo o corpo logo após o banho.

Assista a seguir: Aromaterapia: conheça os benefícios dos óleos essenciais

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos