Notícias do dia - O que você precisa saber para começar a quarta-feira

Redação Notícias
·4 minuto de leitura
Brazilian Deputy Eduardo Bolsonaro, speaks during the opening of the International Seminar Challenges to National Defense and the role of the Armed Forces, in the Foreign Relations Committee of the Chamber of Deputies, in Brasilia, Brazil, Wednesday, Aug. 14, 2019. Federal prosecutors in Brazil filed a motion Monday that could block President Jair Bolsonaro's son, Eduardo, from becoming ambassador to Washington. (AP Photo/Eraldo Peres)
Eduardo Bolsonaro iguala nazismo ao 'Black Lives Matter' (AP Photo/Eraldo Peres)

Covid-19: Brasil tem 88.470 mortes e 2.480.888 casos confirmados, Comissão da Câmara dos EUA pede que família Bolsonaro fique 'de fora' da eleição americana, Com 64 infectados, STF não tem data para voltar aos trabalhos, Culto nos EUA acaba com 40 infectados por Covid-19, mas pastor diz não se arrepender: "foi tão bom", Morre aos 45 anos Rodrigo Rodrigues, jornalista e apresentador do SporTV, Eduardo Bolsonaro iguala nazismo ao 'Black Lives Matter' e Rússia pode ter vacina contra coronavírus aprovada em duas semanas

Confira o que você precisa saber para começar a terça-feira, dia 28 de julho de 2020:

Covid-19: Brasil tem 88.470 mortes e 2.480.888 casos confirmados

O número de casos do novo coronavírus no Brasil subiu para 2.480.888 e o total de mortes chega a 88.470. Os dados, divulgados na noite desta terça-feira (28), constam no painel atualizado pelo Conass (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde), um sistema próprio de informações que reúne dados de contaminados e de óbitos em contagem paralela à do governo. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Comissão da Câmara dos EUA pede que família Bolsonaro fique 'de fora' da eleição americana

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) foi repreendido após compartilhar um vídeo em apoio à reeleição de Donald Trump nos Estados Unidos. Eliot Engel, presidente da Relações Exteriores da Câmara dos Estados Unidos, afirmou que a família Bolsonaro deve ficar “de fora” do pleito eleitoral norte-americano, previsto para ser realizado no início de novembro. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Com 64 infectados, STF não tem data para voltar aos trabalhos

O Supremo Tribunal Federal tem 64 casos de coronavírus entre funcionário e prestadores de serviços. O número assusta os a corte, mesmo que, ao todo, sejam mais de 1.137 trabalhadores. As informações são da coluna da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Culto nos EUA acaba com 40 infectados por Covid-19, mas pastor diz não se arrepender: "foi tão bom"

Mais de 40 pessoas acabaram infectadas pelo novo coronavírus depois de comparecerem a um culto em uma igreja batista no Alabama, Estados Unidos. Um dos contaminados é o pastor Darly Ross, que alegou que apenas dois casos registrados a partir da celebração religiosa eram graves, tendo sido essas pessoas hospitalizadas. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Morre aos 45 anos Rodrigo Rodrigues, jornalista e apresentador do SporTV

O jornalista e apresentador do SporTV, Rodrigo Rodrigues, morreu nesta terça-feira aos 45 anos no Rio de Janeiro. Rodrigo foi diagnosticado há 15 dias com o novo coronavírus. Desde então, estava em casa e afastado do trabalho. No último sábado ele deu entrada na emergência do hospital e teve confirmada trombose venosa cerebral. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Eduardo Bolsonaro iguala nazismo ao 'Black Lives Matter'

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) igualou o movimento “Black Lives Matter” ao regime nazista de Adolf Hitler, em uma postagem no Twitter publicada na tarde desta terça-feira (28). A comparação de Eduardo aconteceu ao citar a recusa do jogador de beisebol Sam Coonrod, do San Francisco Giants, em se ajoelhar como forma de apoio à causa do movimento, no último dia 23. Em entrevista a NBC Sports Bay Area, o arremessador de 27 anos disse que não se curvou por ser cristão. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Rússia pode ter vacina contra coronavírus aprovada em duas semanas

A Rússia tem a esperança de ser o primeiro país do mundo a aprovar uma vacina contra o novo coronavírus, já no início do mês de agosto, segundo a TV americana CNN. A vacina que está sendo criada pelo Instituto Gamaleya, da capital Moscou, teria aproveitado a tecnologia usada para criar vacinas de outras doenças, facilitando o processo e diminuindo o tempo de desenvolvimento, segundo oficiais do governo russo. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube