Notícias do dia - O que você precisa saber para começar o sábado

Redação Notícias
·4 minuto de leitura
A man walks next to a graffiti depciting a cleaner wearing protective gear spraying viruses with the face of Brazil's President Jair Bolsonaro amid the coronavirus disease (COVID-19) outbreak, in Rio de Janeiro, Brazil, June 12, 2020. REUTERS/Sergio Moraes     TPX IMAGES OF THE DAY
A man walks next to a graffiti depciting a cleaner wearing protective gear spraying viruses with the face of Brazil's President Jair Bolsonaro amid the coronavirus disease (COVID-19) outbreak, in Rio de Janeiro, Brazil, June 12, 2020. REUTERS/Sergio Moraes TPX IMAGES OF THE DAY

Covid-19: Brasil chega a 85 mil mortes, presidente do Banco do Brasil apresenta carta de renúncia, Twitter tira do ar contas de bolsonaristas, Juiz manda soltar três detidos em operação que envolve José Serra, Ministério da Justiça monitora agentes de segurança pública antifascistas e cria 'dossiê' sigiloso, dez bairros da periferia de São Paulo concentram mais mortes de negros por Covid-19, insistência de Bolsonaro com cloroquina lembra caso da pílula do câncer, senador diz que governo distribui verba da pandemia a parlamentares, e mundo registra recorde diário de casos pela Covid-19.

Confira o que você precisa saber para começar o sábado, dia 25 de julho de 2020:

Covid-19: Brasil chega a 85 mil mortes

O número de casos do novo coronavírus no Brasil subiu para 2.343.366 e o total de mortes chega a 85.238. Os dados, divulgados na noite desta sexta-feira (24), constam no painel atualizado pelo Conass (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde), um sistema próprio de informações que reúne dados de contaminados e de óbitos em contagem paralela à do governo. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Presidente do Banco do Brasil apresenta carta de renúncia

O presidente-executivo do Banco do Brasil, Rubem Novaes, entregou pedido de demissão ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro da Economia, Paulo Guedes, válida a partir de agosto, informou a instituição financeira nesta sexta-feira. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Cumprindo ordem do STF, Twitter tira do ar contas de bolsonaristas

O Twitter bloqueou contas de alvos do inquérito que apura ataques contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Entre os que tiveram os perfis tirados do ar estão apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) como o ex-deputado Roberto Jefferson, o empresário Luciano Hang, a extremista Sara Winter e os blogueiros Allan Terça Livre e Bernardo Kuster. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Juiz manda soltar três detidos em operação que envolve José Serra

O juiz eleitoral Marco Antonio Martin Vargas soltou na noite desta sexta (24) três pessoas que tinham sido presas na última terça (21) em operação que investigava o senador José Serra (PSDB-SP). Uma delas é o fundador da Qualicorp, José Seripieri Filho. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Ministério da Justiça monitora agentes de segurança pública antifascistas e cria 'dossiê' sigiloso

O Ministério da Justiça, comandado pelo ministro André Mendonça, está monitorando cerca de 600 agentes de segurança pública antifascistas e professores “formadores de opinião”, como o próprio documento diz, defensores dos direitos humanos, desde junho deste ano. A informação foi revelada pelo Uol, nesta sexta-feira (24). LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Dez bairros da periferia de São Paulo concentram mais mortes de negros por Covid-19

O relatório do Inquérito Sorológico da Prefeitura de São Paulo, divulgado na primeira quinzena de julho, mostrou pela primeira vez a distribuição das mortes por Covid-19, o novo coronavírus, com informações raciais nos 96 distritos da cidade. Ao todo, foram registradas 13.580 mortes entre março e julho. São 8.183 de brancos, 4.626 de negros, 305 amarelos, 10 indígenas e outras 456 sem identificação de raça/cor. Percentualmente, as mortes de negros representam 35,3% e a de brancos 62,35%. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Insistência de Bolsonaro com cloroquina lembra caso da pílula do câncer

Diversos estudos mostram que a cloroquina e a hidroxicloroquina não trazem melhoras no tratamento da covid-19. Mesmo assim, o presidente Jair Bolsonaro insiste no uso dos medicamentos para o tratamento da doença. E o Ministério da Saúde liberou o uso da droga desde o estágio inicial da doença, contrariando as recomendações de diversas entidades médicas e científicas. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Governo distribui verba da pandemia a parlamentares, diz senador

Antes aliado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o senador Major Olímpio (PSL-SP) acusou o governo federal de oferecer liberação de recursos público para o combate ao novo coronavírus. O valor seria de R$ 30 milhões. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Mundo registra recorde diário de casos pela Covid-19, com mais de 284 mil infecções

A Organização Mundial de Saúde (OMS) registrou um aumento recorde nos casos do novo coronavírus em todo o mundo nesta sexta-feira (24), com 284.196 novas infecções em 24 horas. Os países que mais registraram novos casos foram Estados Unidos, Brasil, Índia e África do Sul, de acordo com o relatório diário da entidade. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Uzbequistão quer pagar o tratamento de quem contrair Covid-19 no país

O Uzbequistão, país da Ásia Central com 33 milhões de habitantes, quer incentivar o turismo internacional. Para isso, o governo local lançou o programa "Uzbequistão. Viagem segura garantida", que promete pagar até US$ 3.000 (R$ 15.492) em despesas médicas para os viajantes que forem contaminados pela Covid-19 enquanto estiverem no país. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube