Notícias do dia - O que você precisa saber para começar o domingo

Coronavírus: Brasil tem 22.013 mortes e 347.398 casos confirmados, avisa Ministério da Saúde; Vídeo de reunião deve abrir novas frentes de investigação contra Bolsonaro e ministros; Bolsonaro avalia buscar Toffoli para diminuir mal-estar com STF; Rio tem novo recorde de mortes em 24 horas, com 248 óbitos; Sem isolamento a 70%, pandemia pode durar até outubro em São Paulo; Inep pode reduzir Enem ou dobrar o número de salas; Felipe Neto rebate e debocha de Olavo de Carvalho; Ex-jogador do Corinthians é preso pela quarta vez.

Confira o que você precisa saber para começar o domingo, dia 24 de março de 2020:

Coronavírus: Brasil tem 22.013 mortes e 347.398 casos confirmados

O Ministério da Saúde atualizou para 22.013 o número de mortes em decorrência do novo coronavírus no Brasil neste sábado (23), com 965 nas últimas 24h. Ao todo, também foram confirmados 347.398 casos da Covid-19 no país, sendo 16.508 nas últimas 24h. Até sexta-feira (23) eram 21.048 mortes e 330.890 casos. LEIA A MATÉRIA COMPLETA.

Vídeo de reunião deve abrir novas frentes de investigação contra Bolsonaro e ministros

A divulgação do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril deve gerar novas frentes de investigação contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e ministros do governo. LEIA A MATÉRIA COMPLETA.

Bolsonaro avalia buscar Toffoli para diminuir mal-estar

O presidente Jair Bolsonaro avalia procurar o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, para tentar diminuir o mal-estar e evitar retaliações após divulgação do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril. LEIA A MATÉRIA COMPLETA.

Coronavírus: Rio tem novo recorde de mortes em 24 horas, com 248 óbitos

O estado do Rio registrou novo recorde de óbitos por Covid-19 em 24 horas. No boletim Coronavírus, da Secretaria estadual de Saúde (SES), deste sábado, foram registradas 248 novas mortes, número pouco acima do recorde anterior, de 245. Agora, o Rio tem, no acumulado, 3.905 óbitos e 34.533 casos confirmados. Esses números são, respectivamente, 50% e 60% maiores dos registrados há uma semana. LEIA A MATÉRIA COMPLETA.

Coronavírus: Sem isolamento a 70%, pandemia pode durar até outubro em São Paulo

Coordenador do Centro de Contingência da Covid-19 em São Paulo, Dimas Covas alertou para o prolongamento da pandemia no estado até outubro, se o isolamento social não for superior a 70% nos próximos dias. LEIA A MATÉRIA COMPLETA.

Inep pode reduzir Enem ou dobrar o número de salas

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) trabalha com dois cenários para a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O primeiro, que ainda não tem muita adesão dentro do órgão, seria a redução do número de itens para que a prova seja realizada em apenas um dia. Já o segundo cenário prevê medidas de contenção durante a aplicação da prova, como reduzir o número de estudantes dentro de sala de aula pela metade e utilizar máscaras e álcool em gel. LEIA A MATÉRIA COMPLETA.

Felipe Neto rebate e debocha de Olavo de Carvalho

O youtuber Felipe Neto trocou farpas com Olavo de Carvalho, guru do presidente Jair Bolsonaro no Twitter. O influenciador rebateu a provocação que o comparava com nomes relevantes da História e se referia ao jovem como “adolescente promissor”. LEIA A MATÉRIA COMPLETA.

Ex-jogador do Corinthians é preso pela quarta vez

Neste sábado, o ex-meia de Corinthians e Ponte Preta, Piá, foi preso, em flagrante, pela quarta vez consecutiva, ao tenta furtar envelopes de depósito de uma agência bancária em Cordeirópolis, no interior de São Paulo. Desde que pendurou as chuteiras, o ex-jogador já teve seu nome ligado à polícia em outras ocasiões. Ele foi detido outras três vezes pelo mesmo crime, entre 2014 e 2015. LEIA A MATÉRIA COMPLETA.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.