Notícias do dia - O que você precisa saber para começar a quinta

Redação Notícias
·3 minuto de leitura
A nurse shows a COVID-19 vaccine produced by Chinese company Sinovac Biotech at the Sao Lucas Hospital, in Porto Alegre, southern Brazil on August 08, 2020. - The vaccine trial is being carried out in Brazil in partnership with Brazilian Research Institute Butanta. (Photo by SILVIO AVILA / AFP) (Photo by SILVIO AVILA/AFP via Getty Images)
A nurse shows a COVID-19 vaccine produced by Chinese company Sinovac Biotech at the Sao Lucas Hospital, in Porto Alegre, southern Brazil on August 08, 2020. - The vaccine trial is being carried out in Brazil in partnership with Brazilian Research Institute Butanta. (Photo by SILVIO AVILA / AFP) (Photo by SILVIO AVILA/AFP via Getty Images)

Bolsonaro nega compra de “vacina chinesa”, Bolsonaro sabia de compra de vacinas, Brasil chega a 155 mil mortes por coronavírus, Doria pode ir ao STF contra Bolsonaro por vacina, Senador Arolde de Oliveira morre vítima de Covid-19, Ministro da Saúde testa positivo para Covid-19, Senado aprova indicação de Kassio Nunes ao STF.

Bolsonaro nega compra de “vacina chinesa”

Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta quarta-feira (21) que a vacina contra o novo coronavírus produzida na China "não será comprada" pelo governo brasileiro. A fala contraria ações do seu próprio Ministério da Saúde. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Bolsonaro sabia de compras de vacina, mas voltou atrás por pressão nas redes sociais

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi informado no último final de semana que o Ministério da Saúde tinha intenção de comprar 46 milhões de doses da vacina CoronaVac, desenvolvida pela chinesa Sinovac com o Instituto Butantan. De acordo com a Folha, o presidente voltou atrás por conta de pressão em suas redes sociais. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Brasil chega a 155 mil mortes por coronavírus

O Brasil registrou 565 novas mortes pelo novo coronavírus e 24.818 novos casos da doença nesta quarta (21). Com isso, o total de mortos chegou a 155.402 e o de casos a 5.298.772, de acordo com o painel atualizado pelo Conass (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde), um sistema próprio de informações que reúne dados de contaminados e de óbitos em contagem paralela à do governo. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Doria pode ir ao STF contra Bolsonaro por vacina

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta quarta-feira (21) que não há motivo para o presidente Jair Bolsonaro desautorizar o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. Em entrevista à imprensa, o tucano apelou ao “sentimento humanitário” do presidente e disse que não é razoável que Bolsonaro não respeite a decisão de Pazuello, que anunciou na terça-feira (20) a compra de 46 milhões de doses da Coronavac, vacina da farmacêutica chinesa Sinovac. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Senador Arolde de Oliveira morre vítima de Covid-19

O senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ) morreu na noite desta quarta-feira, aos 83 anos, vítima da covid-19. Ele estava internado desde o dia 4 de outubro, quando seu estado de saúde piorou. Ele foi diagnosticado com coronavírus, no início de setembro. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Ministro da Saúde testa positivo para Covid-19

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, está com Covid-19. O diagnóstico foi confirmado pela assessoria da pasta nesta quarta-feira, 21. Na última terça-feira, 20, Pazuello estava com suspeita de coronavírus por apresentar um quadro de febre. Parte da agenda do ministro foi cumprida da casa dele, inclusive a reunião com governadores, na qual foi anunciada a compra da vacina, já desautorizada por Jair Bolsonaro (sem partido). LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Senado aprova indicação de Kassio Nunes ao STF

O Senado aprovou na noite desta quarta (21) a indicação do desembargador Kássio Nunes ao Supremo Tribunal Federal (STF), por 57 a 10. Mais cedo, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado também aprovou a indicação do presidente Jair Bolsonaro para suceder o ex-ministro Celso de Mello, que se aposentou no início do mês. Na CCJ, a votação terminou em 22 a 5. LEIA A MATÉRIA COMPLETA