No The Voice Brasil, Lulu Santos pede criação de secretaria LGBTQIA+

***ARQUIVO***SAO PAULO, SP, BRASIL, 29/02/2020 - O cantor Lulu Santos. (Foto: Greg Salibian/Folhapress)
***ARQUIVO***SAO PAULO, SP, BRASIL, 29/02/2020 - O cantor Lulu Santos. (Foto: Greg Salibian/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS0 - Lulu Santos aproveitou a apresentação da cantora Makem na semifinal de "The Voice Brasil" (Globo), na noite desta terça (27), para pedir a Flávio Dino, futuro ministro da Justiça, a criação de uma secretaria LGBTQIA+.

"Eu queria lembrar ao novo ministro da Justiça que nosso país segue sendo o que mais mata pessoas LGBTQIA+. E que talvez nesse novo Ministério da Justiça coubesse uma secretaria para cuidar desse assunto", disse o cantor.

Para Lulu, a violência contra a população LGBTQIA+ envergonha a alma dos brasileiros.

No Twitter, Flávio Dino respondeu dizendo que concorda com a proposta de Lulu. "Vou dialogar com o ministro dos Direitos Humanos, Silvio Almeida, a fim de que façamos um trabalho conjunto".

Almeida, por sua vez, afirmou, também na rede social, que a secretaria LGBTQIA+ já está criada e faz parte do novo organograma do Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania.

"Eu e o ministro Flávio Dino estamos absolutamente compromissados com a preservação da vida e da dignidade das pessoas LGBTQIA+", disse.

O cantor agradeceu aos futuros ministros. "Contamos com vocês".

Após uma queda em 2020, a taxa de mortes violentas da população LGBTQIA+ voltou a crescer em 2021 -foram 237 há dois anos, contra 316 no ano passado. A principal causa da morte foi esfaqueamento, responsável por 28,8% dos óbitos -em segundo lugar estão arma de fogo (26,27%) e espancamento (6,33%).

Makem, uma das artistas LGBTQIA+ a se apresentar na edição 2022 do "The Voice Brasil", cantou "De Volta Para O Meu Aconchego", música de Dominguinhos e Nando Cordel que ficou conhecida na interpretação de Elba Ramalho.

"No The Voice eu fui superando medo atrás de medo, fui me reconhecendo, fui me abraçando e sinto esse abraço do público", agradeceu. "Poder interpretar Elba, o meu Nordeste, com orgulho e como um corpo LGBT, tão judiado, eu estou mais do que feliz".

Lulu Santos assumiu publicamente seu relacionamento com um homem em 2018 --Clebson Teixeira, com quem é casado.