1 / 21

Jovens LGBT cartazes preconceito

Divulgação/Jornalismo Júnior/ECA-USP

No mês da diversidade, jovens LGBT contam os piores comentários que já ouviram sobre sua sexualidade

Palavras podem ferir mais do que agressões físicas e se tem alguém que sabe disso desde muito cedo, são os gays. Na escola, nas ruas e até mesmo dentro de casa, os LGBTs sentem na pele a intolerância de pessoas preconceituosas que podem dizer coisas que marcam suas vidas para sempre.

Leia mais: Antes e depois mostra como sair do armário mudou completamente a vida das pessoas

Pensando nisso, estudantes da Jornalismo Junior, da Universidade de São Paulo, armaram um projeto onde diversos homossexuais expuseram em cartazes todos os comentários maldosos que já ouviram.

Leia mais: Projeto fotografa mulheres trans peruanas como santas

O resultado é o ensaio Sexualidade e Ignorância, assinado por Carolina Tiemi e Natalie Majolo. “Tão brutais quanto os ataques diretos, essas expressões revelam a violência de um discurso preconceituoso, que essa galeria pretende denunciar. Que o amor seja livre e colorido para quem quiser amar”, diz o texto divulgado com as imagens. Confira na galeria.