'No Limite' vai acabar? 5 ajustes que podem salvar o reality show

·3 minuto de leitura
André Marques é o apresentador do reality (Foto: Reprodução/Globo)
André Marques é o apresentador do reality (Foto: Reprodução/Globo)

O programa 'No Limite' com ex-BBBs não está repercutindo como a Globo esperava. Muitos acham que as provas estão fáceis, os participantes passando poucos perrengues e com um foco muito grande em ganhar seguidores nas redes sociais. Há quem diga que a emissora nem está animada para fazer mais temporadas. Ainda assim, os patrocinadores desejam continuar a parceria.

As críticas são realmente válidas. Falta emoção nos episódios. Tudo parece acontecer rápido demais. Com o dinamismo das redes, esperar uma semana para assistir um novo episódio é muito. O público perde o gás e fica desanimado com a chuva de spoilers vazados a cada dia.

Leia também:

O 'No Limite' tem salvação? O formato não é ruim, mas precisa de ajustes se continuar na grade de programação da Globo. Confira abaixo alguns pontos que podem ser melhorados:

Elenco com anônimos

A Globo convidou ex-participantes do 'BBB' pensando em trazer o público do maior reality da emissora para o programa. O problema é que o formato é totalmente diferente e isso não ajudou em nada. Muitos, acostumados com o 'BBB', gostariam de acompanhar a convivência dos seus favoritos, o que praticamente não é mostrado na edição. Outros desejam um 'No Limite' com provas mais difíceis, pessoas com mais sede de vencer, o que poucos brothers entregam por já estarem acostumados com o luxo.

A maioria dos participantes que passaram pelo 'Big Brother' levam uma vida confortável. Apesar de terem planos para fazer com o prêmio, eles sabem que a vida não depende daquele valor. Isso faz com que a vontade de desistir passe pela cabeça mais vezes. O público quer ver quem tem sangue no olho e precisa da grana!

Mais elementos do 'Survivor'

O 'No Limite' é inspirado no 'Survivor', que já teve mais de 40 temporadas. O programa tem provas muito bem boladas, os participantes entram sem medo de cancelamento e não têm "boquinha". Além de explorar mais as referências, uma ideia que poderia salvar o reality no Brasil é a seleção de fãs do 'Survivor'. Eles já conhecem o formato e com certeza garantiriam o entretenimento.

Esquema para evitar spoilers  

Um ponto que fez o público perder o interesse pelo 'No Limite' foi a quantidade de spoilers disponíveis nas redes sociais. Jornalistas descobriram que Chumbo teria pedido para desistir, anteciparam as eliminações de Ariadna e Gleici, além de fazerem publicações com os nomes dos finalistas. Assim fica chato, né? Tem que reforçar a segurança!

Mais de um episódio por semana

Como dito no início do texto, um episódio por semana é pouco para o tanto de conteúdo gerado no reality show. As temporadas anteriores, que foram ao ar há muitos anos, foram exatamente assim, mas as coisas mudam. O time das pessoas mudou com o boom das redes sociais. Tudo é para já. Até as séries são maratonadas. Uma forma de deixar o programa mais interessante é apresentar ao menos dois episódios por semana e explorar um pouco mais do acampamento.

Apresentador carismático

André Marques é um cara legal, mas não parece à vontade no formato. Uma substituição ou testes com ele tendo mais voz dentro do programa também são alternativas para deixar o 'No Limite' mais atrativo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos