'No Limite': Ariadna rebate fala transfóbica de Íris: "Você vive num conto de fadas"

Resumo da notícia

  • Íris e Ariadna discutiram no segundo episódio de 'No Limite' em um papo sobre prostutuição

  • Ariadna explicou que o preconceito no mercado de trabalho a levou a se prostituir, e Íris negou a vivência da colega

  • Ariadna alertou Íris sobre seus privilégios como mulher branca e cis

No segundo episódio de 'No Limite', Íris e Ariadna discutiram logo após a tribo Carcará vencer a prova do privilégio. Ariadna explicou aos colegas a realidade de uma mulher trans no Brasil, e que foi obrigada a recorrer à prostituição devido ao preconceito e inexistência de empregos.

"Eu acho que as pessoas precisam tentar outras coisas, estudar", afirmou Íris. Calma, Ariadna explicou que a colega estava fazendo um julgamento de valor sem nunca ter passado pelas mesmas dificuldades. "Não julga, amiga. Você vive num conto de fadas, você tem mais privilégios. Eu colocava currículo daqui, dali, não arrumava nada. Eles viam que eu parecia um homem, daí você acha que eu fui pra onde? Pra esquina de onde morava. Eu não tive opção", desabafou.

Leia também

"Teve opção sim. Isso tá na sua cabeça. Eu até lavei roupa pros outros", rebateu Íris. Sem paciência, Ariadna explicou que o discurso da colega é transfóbico: Você não pode falar uma coisa quando não está dentro da realidade. Você é uma mulher branca, loira, cisgênero e dos olhos verdes". Elana e Zulu defenderam Ariadna, e logo a conversa morreu.

Nas redes sociais, o público não perdoou a fala transfóbica de Íris, e a equipe da atriz divulgou um comunicado apoiando a experiência de Ariadna.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos