Nike chega a acordo com empresa que criou o ‘tênis de Satã’

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
  • Nike chegou a acordo com a MSCHF no caso do “tênis de Satã”.

  • Empresa vendeu calçado que dizia conter “gota de sangue humano”.

  • Tênis era cópia de um modelo da Nike.

A gigante americana dos vestuários e material esportivo Nike chegou a um acordo com a startup artística MSCHF no caso do “tênis de Satã”.

Leia também:

As informações são do site Insider.

O valor do acordo não foi divulgado, apenas que a MSCHF terá que comprar de volta o tênis de seus consumidores que quiserem devolvê-lo voluntariamente, pelo valor original da venda.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

O processo

O tênis, uma cópia de um modelo da Nike e apelidado de “calçado de Satã”, foi uma parceria da MSCHF com o rapper Lil Nas X – segundo a empresa, cada unidade continha uma “gota de sangue humano”, alusão a supostos rituais místicos realizados como forma de adoração a forças espirituais demoníacas.

A Nike entrou com processo impedindo as vendas por infração de direitos autorais.

O tênis vinha ainda com vários símbolos normalmente associados à demonologia, como o pentagrama invertido, e uma passagem bíblica que faz referência à “queda de Satã sobre a Terra”.

A MSCHF não se pronunciou sobre o caso.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube