Nicolas Cage reage à morte da ex-mulher Lisa Marie Presley

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ator Nicolas Cage, 59, lamentou a morte da sua ex-esposa, Lisa Marie Presley, 57, a única filha do cantor Elvis Presley. A cantora e compositora morreu na quinta-feira (12) após ser hospitalizada por causa de uma parada cardíaca.

Em um comunicado enviado à imprensa, Cage disse que a notícia é devastadora e lembrou com carinho da ex-mulher. "Lisa tinha a risada mais gostosa de todas as pessoas que já conheci. Ela iluminou todos os cômodos e estou com o coração partido."

O ator terminou o comunicado dizendo que encontra algum consolo em acreditar que Lisa vai se reencontrar com o filho Benjamin Keough, que se suicidou em julho de 2020.

O guitarrista e produtor Michael Lockwood, com quem a cantora foi casada durante dez anos e teve duas filhas, também lamentou a morte da ex-mulher por meio de seu advogado, Joe Yanny. "O mundo de Michael está de cabeça para baixo. Ele está com as duas filhas agora", disse Yanny.

Priscilla Presley, mãe de Lisa, anunciou a morte da filha na quinta-feira, horas depois que ela teve uma parada cardíaca em casa. Segundo o Page Six, a cantora morreu no West Hills Hospital, em Los Angeles, onde teria sido colocada em coma induzido. "Ela era a mulher mais apaixonada, forte e amorosa que já conheci", disse a mãe Priscilla Presley, à Associated Press.