Nick Carter relembra relação complicada e lamenta morte do irmão, Aaron Carter

Aaron Carter em apresentação em Las Vegas, Nevada, em fevereiro deste ano; irmão do cantor, Nick Carter, dos Backstreet Boys, lamentou a morte do artista (Foto: Gabe Ginsberg/Getty Images)
Aaron Carter em apresentação em Las Vegas, Nevada, em fevereiro deste ano; irmão do cantor, Nick Carter, dos Backstreet Boys, lamentou a morte do artista (Foto: Gabe Ginsberg/Getty Images)

Nick Carter, integrante dos Backstreet Boys e irmão de Aaron Carter, encontrado morto aos 34 anos no último sábado (5), relembrou a relação complicada com o artista e lamentou a sua morte em suas redes sociais.

"Meu coração está partido. Embora o meu irmão e eu tivéssemos uma relação complicada, meu amor por ele nunca desapareceu. Eu sempre tive a esperança de que, de alguma forma, algum dia, ele andaria por um caminho saudável e, eventualmente, encontrasse a ajuda que ele precisava tão desesperadamente", escreveu o cantor.

"Algumas vezes nós queremos culpar alguém ou algo por uma perda, mas a verdade é que vício e doenças mentais são os verdadeiros vilões aqui", continuou o cantor. "Eu sentirei falta do meu irmão mais do que qualquer um jamais saberá. Eu amo você, Chizz. Agora você pode finalmente ter a paz que você nunca pôde encontrar na Terra. Eu amo você, caçula."

Hilary Duff, ex-namorada, também se despediu

Em suas redes sociais, a atriz e cantora Hilary Duff, que namorou Aaron Carter na juventude, também lamentou a morte do artista: "Eu sinto muitíssimo que a vida tenha sido tão difícil para você e que você teve que lutar em frente de todo o mundo", escreveu.

"Você tinha um charme que era absolutamente efervescente. Garoto, como o meu eu jovem amou você profundamente. Mandando amor para toda a sua família neste momento. Descanse em paz", finalizou a artista.

Morte

Segundo informações do TMZ, que divulgou o óbito, fontes informaram que o corpo de Aaron estava em uma banheira. Forças de segurança acrescentaram ter recebido uma chamada de emergência por volta das 11h da manhã de sábado, do horário local, relatando que um homem havia se afogado na banheira.

A polícia investiga a possibilidade de um homicídio, mas as fontes do portal estadunidense também destacaram se tratar de um procedimento padrão. Por ora, não há evidências do que pode ter causado a morte do artista.

Abuso de substâncias

Ao longo de sua vida, Carter não escondeu seus problemas com abuso de substâncias e passou por várias internações. Segundo o The Hollywood Reporter, a última tentativa foi motivada para retomar a guarda filho, Prince.

Apesar de afirmar que, há alguns anos, já não usa mais drogas, o ex-ídolo teen assustou os seus fãs, que ligaram para a polícia, em setembro passado, achando que ele tivesse sofrido uma overdose. Na ocasião, a polícia constatou que o artista estava apenas dormindo, por isso não atendia às mensagens. Os agentes ainda investigaram a residência à procura de drogas ou indícios de uma tentativa de suicídio, mas não encontraram nada.