Nicette Bruno discursa contra a homofobia no 'Encontro': 'É preconceito, sim!'

Redação Vida e Estilo
·2 minuto de leitura
A atriz ficou chocada ao ouvir uma mãe na plateia do programa dizer que não aceitaria que a filha fosse gay (Reprodução/ TV Globo)
A atriz ficou chocada ao ouvir uma mãe na plateia do programa dizer que não aceitaria que a filha fosse gay (Reprodução/ TV Globo)

Aos 84 anos, Nicette Bruno participou de uma discussão sobre homofobia no programa “Encontro com Fátima Bernardes” desta quinta-feira (22) e deu um verdadeiro show de civilidade. A atriz virou assunto na internet ao se chocar com um comentário homofóbico de uma mulher da plateia da atração, que afirmou que jamais aceitaria que suas filhas fossem homossexuais.

“As pessoas não são iguais. Não existem duas pessoas iguais. Cada um tem a sua individualidade, tem o seu caminho a seguir e todos devem conviver da mesma forma. É curioso que fica se pensando na homossexualidade como se fosse algo estranho, diferente, como se fosse um defeito. E não é. Meu Deus, é a vida. É a individualidade da pessoa. Você pode ter dez filhos e os dez serão diferentes. Você vai educá-los de acordo com a sua visão de família, mas para cada um você tem que ter um sentido único, porque eles são diferentes. E não são eles que tem que se modificar. Você é que tem que se adaptar a cada um deles. Porque isso forma uma família”, disse Nicette Bruno durante a atração quando teve oportunidade de opinar.

Leia mais:
Site revela nomes dos gêmeos de Beyoncé
Rodrigo Faro quer salário fixo de R$ 1 milhão para renovar contrato com a Record, diz colunista

A veterana ainda fez questão de deixar claro que a mulher que afirmou que não era preconceituosa, mas não aceitaria uma filha gay, era sim preconceituosa. “É um problema de preconceito, sim, e isso vem de muito tempo. Isso é incutido nas pessoas desde muito cedo“, afirmou Nicette Bruno. Nas redes sociais, muitos internautas aplaudiram a postura da atriz. “A cara da Nicette Bruno representa minha reação ao ouvir a mãe da plateia dizendo que não aceitaria um filho gay. Perplexa”, postou uma usuária do Twitter. “Nicette Bruno pisando em muita gente por aí”, comentou outro.