Neymar entra para o "bonde do Juliet" e ostenta óculos que é símbolo do funk

Amanda Caroline
·7 minuto de leitura

O desempenho de Neymar Jr. em campo virou mero detalhe perto do evento que é sua caminhada até o vestiário antes das partidas da Liga dos Campões da Europa. O pedido dos fãs é uma ordem: depois de uma campanha nas redes sociais, o jogador de futebol revive a estética do “moleque ousado” para dar sorte na competição (apesar de estar mais adulto do que nunca).

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter

O elenco do Paris Saint-Germain desembarca do ônibus no Estádio da Luz e lá surge ele, todo marrento, portando o kit que já virou padrão: caixa de som com funk no último volume, moicano (uma versão atualizada do penteado que ele usava no Santos em 2011) e óculos espelhado, o tal do “Juju”.

Leia também

Confira o momento:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Muita coisa acontece nessa chegada triunfal que promete se repetir na final do campeonato no próximo domingo (23), mas não há dúvidas de que o óculos é a estrela do look. Ninguém quer saber do terno grifado (com todo o respeito, Hugo Boss), só se fala na “lupa” do Neymar. A peça, além de ser amuleto da sorte, garante o visual raiz que a gente ama.

Neymar Jr. volta ao "modo raiz" com óculos da Oakley (Foto: Instagram @neymarjr/Divulgação)
Neymar Jr. volta ao "modo raiz" com óculos da Oakley (Foto: Instagram @neymarjr/Divulgação)

Acontece que, ao contrário do que os “neyfãs” pensam, esse acessório não é o Juliet. Neymar Jr. ostenta outro modelo poderoso da marca norte-americana Oakley. O Yahoo foi direto na fonte para saber todos os detalhes: conversamos com Rogério Fernandes, conhecido como Rogerinho Original, especialista e revendedor de produtos Oakley. O empresário paulistano de 41 anos diz que o óculos de Neymar saiu de sua loja, que fica no centro de São Paulo.

Segundo ele, foi o influenciador digital Vinicius Martinez, padrasto de Davi Lucca, quem foi atrás da peça para o amigo. “Ele comprou com um dos vendedores daqui e enviou para lá”, explica Rogerinho. “A cor das lentes deu supercerto. Ela combina com o uniforme do time e o Neymar gostou”, completa. A gente percebeu que ele gostou! Abaixo, te contamos a história por trás do óculos que fez a cabeça do atacante:

Só se fala nele... O X-Squared

O óculos favorito de Neymar faz parte do “bonde do Juliet”, mas não é o Juliet. Trata-se de um “irmão”, o X-Squared. Ele é um dos oito modelos da linha X-Metal, lançada pela Oakley no fim dos anos 90 e que teve fabricação descontinuada em 2012.

Rogerinho conta que o X-Squared nunca foi o óculos mais desejado da linha. “Ninguém queria usar porque ele foi associado ao crime [ele fala sobre um assaltante que usava o modelo] e acabou perdendo o valor. Nenhum artista queria comprar”, relembra. Mas o atleta virou esse jogo bem rápido e o item, hoje, é muito cobiçado.

“A venda já aumentou. O pessoal está à procura e quer comprar o X-Squared exatamente igual ao dele”, relata o empresário. O modelo, que antes era vendido por R$ 1 mil na loja de Rogerinho, agora custa R$ 1,2 mil. O expert explica que, diferentemente do Juliet, a “lupa” tem o formato retangular. A armação é feita de titânio e a cor das lentes em tons de azul, vermelho e rosa chama-se Positive Red. Olha só:

O Oakley X-Squared é um dos modelos da linha X-Metal (Foto: Divulgação/Rogerinho Original)
O Oakley X-Squared é um dos modelos da linha X-Metal (Foto: Divulgação/Rogerinho Original)

O óculos “de patrão” virou símbolo do funk

Haja poder! E falando em poder, os óculos da linha X-Metal são famosos no mundo inteiro e você provavelmente já deve ter visto alguns dos modelos no cinema, pois eles aparecem em filmes das sagas ‘X-Men’, ‘Matrix’ e ‘Missão Impossível’. Acredita que Tom Cruise foi capaz de destruir um Romeo?!

Tom Cruise "explode" o óculos Romeo, da linha X-Metal, em 'Missão Impossível 2' (2000) (Foto: Reprodução/Giphy)
Tom Cruise "explode" o óculos Romeo, da linha X-Metal, em 'Missão Impossível 2' (2000) (Foto: Reprodução/Giphy)

Aqui no Brasil, os modelos da linha se tornaram verdadeiros objetos de desejo entre os homens. “Quando foram lançados pela Oakley, eram vendidos por, pelo menos, R$ 1,5 mil. Um valor muito alto para a época e que deve equivaler a R$ 5 mil nos dias de hoje. Era difícil encontrar alguém que tinha um desses óculos. Eles foram feitos para a elite, para quem tinha grana”, diz Rogerinho.

O Juliet é um dos mais baratos da X-Metal e fez seu nome em terras tupiniquins. Em 2010, o funk ostentação de São Paulo estourou e os artistas do movimento se apresentaram para o país com o óculos no rosto. Foi nesse momento que o modelo alcançou outro patamar. “Todo funkeiro tem um Juliet. E usar um Juliet original é como se você estivesse usando uma joia”, garante o especialista.

Não demorou muito para o Juliet virar inspiração para músicas. Que moral! “Tá de Juliet, Romeo 2 e Double Shox, 18 K no pescoço, de Ecko e Nike Shox. Vale mais de um barão, esse é o bonde da Oakley. P*rra, ‘nóis’ só porta Oakley”: é o que cantam Backdi e BioG3 em ‘Bonde da Juju’. Ouça:

Homenagens como essas não são raras. Rogerinho conta que o Juliet faz parte de uma cultura e dos sonhos de muita gente. “75% do meu público é de periferia, ligado ao funk. Se você for em uma favela, em uma comunidade, qualquer criança de 12 anos conhece o óculos. Eles nascem com o sonho de ter um Juliet”, afirma.

“Atendo aquele cara que tem 30 anos e não tinha dinheiro para comprar o óculos na época que estourou. E ele vai na loja atrás do óculos com o mesmo brilho no olhar que tinha antigamente. É o público que tem dinheiro, mas nasceu atrasado”, brinca Rogério.

Os embaixadores

Na lista de fregueses ilustres de Rogerinho Original, estão MC Guimê, Jottapê, Kond e o jogador Gabriel Jesus. “Eles procuram a gente porque sabem que a linha x-Metal não é mais fabricada e estão atrás de produtos de qualidade”, opina. “Outro dia, o Kond comprou uns quatro óculos do mesmo modelo, o Romeo. Eu disse que poderia levar só uma armação e trocar as lentes, mas ele levou vários. Dinheiro não é problema para eles”, dispara.

Guimê, Jottapê e Kond ostentam modelos da linha X-Metal (Foto: Reprodução/Instagram @mcguime @jottape @kond)
Guimê, Jottapê e Kond ostentam modelos da linha X-Metal (Foto: Reprodução/Instagram @mcguime @jottape @kond)

MC Lan, outro cliente de Rogerinho, exibiu um dos óculos Oakley de sua coleção no clipe de ‘Rave de Favela’, música com Anitta e Diplo. Uau! Repare que o DJ gringo também ostenta um X-Metal:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O negócio por trás do acessório

Rogerinho Original “mexe com a Oakley” há 14 anos. Hoje, ele é referência em restauração dos óculos X-Metal. O empresário garante que é reconhecido pela marca e só usa peças novas e originais. “Antigamente, eu só comercializava. Quando os modelos foram acabando, trouxe de fora. Agora, também faço manutenção, restauração e customização. Os famosos me procuram porque confiam”, explica. Além da loja no centro da capital paulista, ele também tem um laboratório e comanda oito funcionários.

E o ritmo de trabalho é frenético como uma batida de funk. “Atendo o Brasil inteiro e até pessoas de fora, de Portugal e dos Estados Unidos, me procuram para fazer restauração, que é o meu foco. Restauro cerca de 30 óculos por dia”, revela. Aí sim!

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.