Netflix e Dev Patel fecham acordo milionário para lançamento do filme “Monkey Man”

Catharina Dourado
·1 minuto de leitura
O filme marcará a estreia de Patel como diretor (Divulgação; Reprodução / Youtube)
(Divulgação; Reprodução / Youtube)

Com um acordo de aproximadamente US$ 30 milhões, a Netflix adquiriu a maioria dos direitos de distribuição do filme que marcará a estreia de Dev Patel como diretor: “Monkey Man”. As informações foram publicadas nesta sexta-feira (12) pelo Deadline.

O longa, cujas filmagens já foram concluídas, acompanhará um herói improvável interpretado por Patel. O personagem sai da prisão e enfrenta um mundo mergulhado numa ganância corporativa que corrói valores espirituais, buscando vingança.

Com roteiro escrito pelo próprio ator em parceria com Paul Angunawela e John Colle, “Monkey Man” é parcialmente inspirado no deus Hanuman, do hinduísmo. A divindade é metade homem e metade macaco.

“Gravar um filme durante a pandemia foi um grande desafio, para dizer o mínimo, mas a oportunidade de reimaginar histórias da minha infância e fundi-las com meu amor pelo cinema de ação foi uma alegria absoluta”, contou Patel em comunicado enviado à imprensa.

O longa deveria ter sido filmado na Índia no ano passado, mas precisou ser redirecionado para a Indonésia devido à pandemia do coronavírus. A estreia está prevista para 2022.

Patel ficou mundialmente conhecido por interpretar Jamal Malik no drama “Quem Quer ser um Milionário?” (2008), vencedor de sete estatuetas do Oscar. Ele também atuou em “Atentado ao Hotel Taj Mahal” (2018) e foi indicado ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por “Lion: Uma Jornada Para Casa” (2016).

Seu trabalho mais recente foi “Modern Love“, série original da Amazon Prime Video lançada em 2019. O ator voltará às telonas com “The Green Knight”, que será lançado ainda este ano.