Netflix corta cena do suicídio na primeira temporada de '13 Reasons Why'

(Imagem: divulgação Netflix)

A Netflix tirou do ar uma das cenas mais polêmicas de suas produções originais. O ato de suicídio da jovem Hannah Baker (Katherine Langford) na primeira temporada de ‘13 Reasons Why’, antes apresentado com riqueza de detalhes, agora ocorre sem ser mostrado.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

“Ouvimos de muitos jovens que a série incentivou conversa sobre questões difíceis como depressão e suicídio e a obtenção de ajuda - muitas vezes pela primeira vez", declarou a empresa de streaming, em comunicado oficial.

Leia também:

"À medida que nos preparamos para a terceira temporada, estamos atentos ao debate em andamento em torno do programa. Assim, seguindo o conselho de especialistas médicos, decidimos, com o criador Brian Yorkey e os produtores, editar a cena em que Hannah tira a própria vida da primeira temporada."

Na versão que foi ao ar originalmente, a cena tinha Hannah entrando na banheira, cortando os pulsos e seu sangue se misturando com a água, enquanto morria. A mudança na edição pula do momento em que a protagonista se olha no espelho do banheiro direto para quando seus pais a encontram sem vida.

Desde sua estreia, em 2017, ‘13 Reasons Why’ foi alvo de diversas polêmicas por conta de seu tema delicado. Um estudo publicado no jornal no jornal da Academia Americana de Psiquiatria Infantil e Adolescente no último mês de abril constatou aumento de 30% no suicídio entre adolescentes desde que a série foi lançada.

A cena agora cortada era considerada um gatilho para isso. "Os criadores da série retrataram intencionalmente o suicídio da protagonista. É uma representação muito explícita da morte por suicídio, o que pode desencadear um comportamento suicida", argumentou Jeff Bridge, o principal autor do estudo.

A terceira temporada da série deve estrear ainda este ano.