Netflix ainda lidera no Brasil, mas já é ameaçada pelas rivais

·2 minuto de leitura

A entrada de novos serviços de streaming no Brasil acirrou a disputa pela liderança no país. De acordo com dados divulgados pelo JustWatch, a Netflix ainda é a plataforma com a maior participação no mercado brasileiro entre os meses de abril e junho, mas seguida de muito perto pela concorrência — o que mostra que não existe mais a mesma folga vista até pouco tempo atrás.

Segundo os dados divulgados, a Netflix lidera o setor com uma participação de mercado média de 31% contra 24% do Prime Video. Isso mostra o quanto o serviço de Amazon se popularizou, com uma diferença de apenas sete pontos em relação ao primeiro lugar.

Outro destaque é a força do Disney+, um dos mais recentes players na lista analisada pelo JustWatch. No caso, o serviço do Mickey já aparece com 12% — ou seja, metade do total apresentado pelo Prime Video. Já a quarta posição segue embolada entre Globoplay (8%), HBO GO (7%), Telecine Play (6%) e Claro Vídeo (4%). Outros serviços somam 8%.

Netflix segue líder, mas não mais com tanta folga (Imagem: Divulgação/JustWatch)
Netflix segue líder, mas não mais com tanta folga (Imagem: Divulgação/JustWatch)

Vale destacar que o levantamento leva em conta os dados apenas do segundo trimestre de 2021, ou seja, antes do HBO Max ser lançado por aqui. Vai ser somente na próxima análise que vamos entender o quão forte o serviço entrou no país e o quão eficaz foi a sua estratégia de oferecer uma assinatura pela metade do preço.

Estabilidade em 2021

Quando olhamos para os dados gerais deste primeiro semestre de 2021, vemos que o cenário geral dos streamings é de estabilidade no Brasil. Todos os serviços apresentaram um leve movimento de queda em sua participação de mercado nos seis primeiros meses do ano, mas nada considerado drástico — coisa de um ou dois pontos percentuais no acumulado. O Globoplay, por exemplo, terminou junho com o mesmo market share que tinha em janeiro.

Em 2021, Disney+ foi o único streaming que apresentou crescimento (Imagem: Divulgação/JustWatch)
Em 2021, Disney+ foi o único streaming que apresentou crescimento (Imagem: Divulgação/JustWatch)

A única exceção foi o Disney+, que cresceu de maneira mais significativa no período. E parte desse bom desempenho pode estar justamente na repercussão causada pelas séries do Marvel Studios. O aumento na participação do serviço coincidiu com a estreia da WandaVision e a única queda pontual apresentada é no intervalo entre Falcão e o Soldado Invernal e Loki.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos