Nego do Borel mostra exames e diz: "Nunca tive HPV"

Bárbara Saryne
·2 minuto de leitura
O cantor diz que sempre usou camisinha (Foto: Reprodução/Instagram/@negodoborel)
O cantor diz que sempre usou camisinha (Foto: Reprodução/Instagram/@negodoborel)

Além das acusações de estupro e agressão, Nego do Borel foi acusado de ter transmitido HPV para Duda Reis após as inúmeras traições. Em entrevista ao colunista Léo Dias, o cantor negou a informação e garantiu que sempre usou camisinha. Na madrugada desta terça-feira (19), ele postou fotos dos exames feitos no sábado (16) e refletiu sobre tudo o que está acontecendo.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus e-mails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

“Os últimos dias têm sido de muitas acusações para mim. A minha resposta para tudo isso será provar a minha inocência. E no meio das muitas acusações, fui acusado de ter transmitido HPV. Como quem não deve não teme, resolvi fazer um exame. Hoje vim aqui apresentar o resultado. Não, eu não tenho e nunca tive HPV, assim como nenhuma outra doença sexualmente transmissível”, escreveu.

Leia também

Em outro trecho, Nego aproveitou para alfinetar Duda Reis. “Se alguém que se relacionou comigo tem, não foi de mim que pegou. Eu e minha equipe estamos trabalhando dia e noite e vamos provar que essas acusações são mentirosas! Agradeço a todos que confiam em mim e estão do meu lado nesse momento. Mas a partir de agora não pretendo mais me pronunciar sobre esse assunto”, completou.

Na segunda-feira (18), a modelo se irou quando descobriu que o ex-noivo vazou um áudio em que ela fala sobre outro homem com a intenção de sugerir que houve traição da parte dela. Duda reiterou que nunca ficou com outra pessoa durante o relacionamento, apenas desabafou com uma amiga sobre a vontade que tinha de ficar com um irmão dela assim que ficasse solteira.

A influenciadora ainda disse que Nego do Borel deve cumprir as medidas protetivas e não tocar no nome dela, pois o próximo passo será a cadeia. “Quer inverter um caso de agressão física, abuso psicológico, agressão verbal e sexo não consentido para isso? Sério? É um absurdo. E sempre querendo me tachar como louca. Não sou maluca, graças a Deus eu despertei. Eu não era obrigada a ficar numa relação de m*rda sendo abusada, maltratada e agredida. Nenhuma mulher merece passar por isso”, desabafou.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube