Nego do Borel é acusado de assediar modelo em A Fazenda, e defesa cita 'tribunal da internet'

·3 minuto de leitura
***ARQUIVO***SAO PAULO, SP, 15.10.2015:  Nego do Borel, cantor  -   (Foto: Bruno Poletti/Folhapress,)
***ARQUIVO***SAO PAULO, SP, 15.10.2015: Nego do Borel, cantor - (Foto: Bruno Poletti/Folhapress,)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A primeira festa da 13ª edição de A Fazenda (Record) teve beijos, brigas e muita conspiração. Mas foi o pós-festa que mais chamou a atenção dos internautas, que não gostaram das investidas do cantor Nego do Borel sobre a modelo Dayane Mello. Até pedidos de expulsão tiveram nas redes sociais.

Os dois peões estavam na baia, já deitados para dormir, quando Nego do Borel acaricia a modelo, que aparentava estar bêbada. Ela se esquiva das investidas dele, que insiste. Internautas chegaram a postar algumas das imagens no Twitter com a acusação de assédio contra o artista.

"Se eles expulsaram o Phellipe [Haagensen] por assédio, eles têm que expulsar esse Nego do Borel", disse um internauta se referindo à Fazenda 11. "Se isso aconteceu com ele sendo gravado, imagina se não estivesse", comentou outro. "Esse cara é nojento", opinou mais um.

Procurada, a Record não respondeu às solicitações da reportagem. A equipe de Dayane também não falou ainda sobre o ocorrido. Já a defesa de Borel disse que "em um reality show, as pessoas são expostas como uma forma de entretenimento" e citou o "tribunal da internet".

"Os direitos fundamentais acabam sendo um pouco mais relativizados, devido à relação contratual existente entre os participantes e a emissora. Ocorre, entretanto, que tal fato não justifica o julgamento externo, principalmente, no 'tribunal da internet' que ultrapassam os limites da liberdade de expressão."

Em nota, a defesa afirma ainda que "dentro do contexto do reality não se pode atribuir ao artista qualquer falta em qualquer sentido. O que cabe é, somente, uma análise atenta dentro dos princípios legais e da relação contratual que envolve todas as partes, conferindo o aceite das cláusulas e condições para participar do programa."

O assunto ganhou ainda mais força por ter acontecido no mesmo dia em que a influenciadora e atriz Duda Reis, 20, ex-namorada do cantor, anunciou um novo indiciamento contra ele, agora por lesão corporal contra ela. Ele já tinha sido indiciado por agredir uma outra ex.

Duda Reis aproveitou e voltou a cobrar a emissora neste sábado (18) pelo convite feito ao cantor para participar do reality. "Record, você vai se pronunciar sobre o assédio pelo menos? E também sobre o comportamento de quebrar as coisas ao ser negado? Porque, pelo que eu vi, as agressões para com as mulheres não fazem importância para vocês", questionou no Twitter.

Nego do Borel chegou a gritar e chutar baldes da baia após o suposto assédio, proferindo críticas à produção, que, segundo ele, impunha regras demais. Duda Reis afirmou que esse tipo de "surto" acontecia contra seu corpo quando eles eram namorados.

A assessoria do cantor, que já havia divulgado nota sobre o indiciamento e as acusações de assédio contra ele, divulgou novo comunicado na tarde deste sábado em que fala em tomar "medidas cabíveis" contra Duda devido às suas declarações.

"Essa postagem pode ser enquadrada como mais um crime contra honra cometido por ela contra o Leno, ainda mais depois das investigações preliminares não terem apontado indícios do que ela alega nessa postagem. Reiteramos que todas as acusações contra qualquer pessoa devem ser comprovadas."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos