‘Não me preparei para ver a minha filha ser atacada’, diz Pocah

·1 minuto de leitura
Pocah ao lado da mãe, e de sua filha, Vitória. “3 gerações de valores, amor e muito carinho. Sou grata e muito feliz por Deus ter escolhido vocês para estarem comigo nessa caminhada de filha e mãe”, escreveu na legenda da foto.

Carioca, 26 anos, a ex-participante do BBB, Pocah está com a agenda cheia, hora ela está dando entrevistas em rádio, hora está em programas de televisão, ou fotografando para uma capa de revista, dessa vez ela bateu um papo com ‘Garotas Estúpidos’ e entre os assuntos, a cantora falou sobre racismo e a importância de combater esse tipo de crime.

“Eu me preparei pra muitas coisas, mas eu não me preparei pra ver a minha filha ser atacada da forma como ela foi, eu só posso dizer que a gente pede respeito, não só pela minha filha, mas por todo mundo, porque racismo é um crime bizarro, monstruoso, um crime que temos que lutar contra, até a nossa última força, eu repudio totalmente”, falou.

Leia também:

Durante sua participação no reality, a cantora, em conversa com outros brothers, contou que sua filha questionava por que o cabelo dela não era igual ao seu. Enquanto esteve no programa, o perfil da funkeira no Instagram sofreu ataques racistas contra a pequena Vitória, de 5 anos. O administrador da conta da artista, se manifestou dizendo que tomaria as devidas providências contra os agressores virtuais.

Seguindo sua carreira musical, na última sexta-feira (21), a cantora divulgou um videoclipe que gravou em parceria com o cantor MC WM, ‘Nem On, Nem Off’ é o nome da música. “A BANDIDA TÁ ACORDADÍSSIMA. E com hino novo na pista disponível em todas as plataformas digitais e agora é só tacar stream na mami”, disse a cantora em sua conta no Instagram.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos