Não é possível que a diretoria e Mancini estejam gostando do time do Corinthians

Alexandre Praetzel
·1 minuto de leitura
Bruno Mendez marcou para o Corinthians, em ótimo cabeceio. Foto: Ettore Chiereguini/AGIF
Bruno Mendez marcou para o Corinthians, em ótimo cabeceio. Foto: Ettore Chiereguini/AGIF

O Corinthians venceu o São Caetano por 1 a 0, chegando a oito pontos em 12 disputados no Campeonato Paulista. A campanha é bem melhor do que as atuações do time. Há um desconto por mais um surto de Covid no clube, mas não é possível alguém estar satisfeito com o nível apresentado até agora.

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola

Vagner Mancini escalou uma formação bastante experiente, com apenas Gabriel como volante. Ainda assim, a letargia habitual continou. O Corinthians foi lento e previsível contra o pior São Caetano da história. O gol marcado por Bruno Mendez foi a melhor coisa que aconteceu, num cabeceio certeiro no canto direito do goleiro Luís.

Leia também:

Na volta para o segundo tempo, o Corinthians manteve seu ritmo vagaroso e torcendo para o São Caetano errar. Enquanto a equipe estava bem postada defensivamente, com Gil e Jemerson muito seguros, o restante não apresentou a mesma qualidade.

Agora, tem o desafio da primeira fase da Copa do Brasil no confronto diante do Salgueiro-PE, fora de casa. O Corinthians tem a vantagem do empate para se classificar. A diferença entre os dois clubes é enorme em grandeza, mas nada garante que o Corinthians passará sem dificuldades.