Namorado de Kris Jenner diz que Blac Chyna bateu e chicoteou Rob Kardashian

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O executivo Corey Gamble, namorado de longa data de Kris Jenner, matriarca da família Kardashian-Jenner, afirma que viu a modelo Blac Chyna, 33, bater, chicotear e ameaçar de morte Rob Kardashian, durante uma briga há quase seis anos. Ele testemunhou em um tribunal de Los Angeles, na terça-feira (26), em um processo de difamação que Chyna move contra Kris, Kylie Jenner e Kim e Khloé Kardashian.

Gamble contou que presenciou a briga na casa da namorada, em 15 de dezembro de 2016 , onde Rob e Chyna estavam hospedados. Ele afirma que quando entrou na casa viu Chyna de pé ao lado do quarto com uma vara na mão e Rob a cerca de dois metros de distância, com rosto e pescoço vermelhos.

O executivo disse que quando Chyna o viu entrar na sala, imediatamente deixou cair a vara que segurava e pegou um longo fio de telefone que estava no chão. "Ela começou a chicoteá-lo. Ela estava batendo em Rob e eu entrei no meio e fui atingido também. Eu tive que tentar chamar a atenção dela para mim para que Rob pudesse pegar seus pertences e sair de casa. Eu podia sentir o cheiro do álcool nela."

Gamble afirmou que Rob conseguiu pegar sua carteira e as chaves do quarto e tentou deixar a casa, mas não conseguiu fugir porque seu carro estava bloqueando o dele. Ele falou que Chyna, enfurecida, pegou uma cadeira do pátio e a atirou no carro de Rob e continuou a atacá-lo. "Ela pulou nas costas dele e deu um soco na parte de trás de sua cabeça. Ela tentou pegar uma pequena mesa para jogar nele, mas Rob já estava em seu carro."

Gamble disse que ficou na casa por alguns minutos para se certificar de que Chyna não entraria em seu carro e seguiria Rob. "Perguntei a ela o que estava acontecendo e ela gritou que o odiava, ela não gostava dele", disse Gamble.

Chyna alegou que a família Kardashian usou sua influência para pressionar os executivos da rede de TV para cancelar seu reality show, que teve apenas uma temporada. Com isso, ela alega que perdeu mais de US$ 100 milhões (cerca de R$ 497 milhões) em ganhos futuros e outras receitas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos