Namorada de Marlon diz que cantor sertanejo está bem após ser internado com Covid

Redação Vida e Estilo
·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Maria Clara, namorada de Marlon, que era dupla com Maicon, atualizou os fãs sobre o estado de saúde do cantor após muitos pedidos. Na última semana, o artista havia publicado uma foto em que estava deitado em uma maca de hospital com a legenda: "Deu ruim". Ele foi internado rapidamente após ser diagnosticado com Covid-19. 

Sem dar muitos detalhes sobre o namorado, a psicanalista disse que ele está melhorando. "O Marlon está bem. Vai fazer uma semana que está internado, mas está reagindo. Já tem uma previsão de alta, e se Deus quiser em breve estará com a gente", começou. 

Leia também

"Não foco nisso. Só coloquei uma notícia, porque saiu em vários lugares e muitas pessoas estavam me perguntando. Eu acho que quanto mais a gente dá atenção para uma coisa ruim, mais ela cresce. O que a gente pode fazer agora é rezar para a recuperação dele, que está sendo boa", continuou. 

Procurado, o cantor confirmou que foi contaminado pelo vírus, e que o contraiu há 15 dias, porém está internado há uma semana. "Espero que até o final de semana me liberem do oxigênio, o qual ainda dependo", escreveu o cantor.

Ela ainda acrescenta que não usa suas redes sociais para passar mensagens negativas, ou falar de suas dores. "Não venho para lamentar, porque gosto de vibrar a vida e a saúde". Por fim, Maria Clara disse que trará mais informações para os fãs do sertanejo: "Assim que ele sair do hospital vou comunicar para vocês. Espero paciência e orações, que vou passar notícias." 

Atualmente, ela está grávida do primeiro filho do casal e o relacionamento dos dois já gerou muitas polêmicas. Maria Clara era melhor amiga de Letícia Oliveira, com quem o cantor foi casado por 15 anos. Recentemente, em suas redes sociais, ela exibiu mensagens de ódio que recebe de pessoas que não aceitam o namoro. 

"Tomara que você morra no parto! Gentinha igual a ti merece todo o sofrimento desse mundo!", escreveu uma internauta identificada como Sofia. A psicanalista explicou que por conta disso, começou a restringir os comentários em suas publicações.