Naldo fala sobre assédio em "A Fazenda" e helicóptero enviado para Moranguinho

Naldo no Prêmio Multishow (Daniel Pinheiro/AgNews)
Naldo no Prêmio Multishow (Daniel Pinheiro/AgNews)

Um dos convidados do Prêmio Multishow nesta terça-feira (18), Naldo Benny falou sobre a decisão polêmica de enviar um helicóptero para sobrevoar a sede do reality "A Fazenda". A intenção do músico era ajudar a saúde mental da esposa, Moranguinho, que está passando por momentos complicados dentro do confinamento. Em papo com o Yahoo, o músico confessou que nunca pensou que sua atitude pudesse violar alguma regra do contrato da esposa.

"Quando vi que ela ficou mal da cabeça, com pesadelos, quis fazer uma declaração. Eu não quis quebrar nenhuma regra, quis fazer ela se sentir melhor. Estava horrível para mim assistir ela lá dentro e eu aqui, sozinho. Agora estou melhor, mas entrei um pouco em pânico".Naldo

Questionado sobre o fato da companheira não ter desconfiado que ele foi o autor do presente, Naldo explicou que está animado para saber qual será a reação dela quando sair do confinamento. "Acho que vai ser legal quando ela sair e descobrir que fui eu. Ela sempre cuida de tudo pra gente, tem todos os aplicativos no celular dela, então ela achou que eu não ia pensar nisso. Não tive medo dela ser expulsa porque eu só quis ajudar ela. Eu consigo ver aquela loucura toda e como ela precisava de um apoio", completou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O músico também se posicionou sobre uma das polêmicas mais recentes de "A Fazenda", na qual Moranguinho e outras participantes acusaram Shay de assédio. O peão estaria aproveitando a hora das colegas tomarem banho para ficar observando. "Eu não assisti, mas confio totalmente na minha mulher. Se ela disse, aconteceu. Ela jamais falaria algo do tipo só por causa e estratégia de jogo. Ela realmente se sentiu incomodada, e aconteceu".

Naldo afirmou que já foi convidado para participar do reality, e explicou porque aconselhou Moranguinho a não aceitar a proposta da Record."Eu não achei legal ela ir. Recebi vários convites já e nunca quis ir. Não era ciúmes, era um cuidado, porque sei que aquilo é um campo minado. Quero ver ela bem. Por isso eu sempre dizia que não achava legal".

*Com informações de Patrick Monteiro