Myrian Rios diz que romance com Roberto Carlos 'daria um excelente filme'

·2 minuto de leitura
***ARQUIVO***RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 01-11-2010: Myrian Rios. (Foto: Rafael Andrade/Folhapress)
***ARQUIVO***RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 01-11-2010: Myrian Rios. (Foto: Rafael Andrade/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A atriz Myrian Rios, 61, foi casada com o rei Roberto Carlos nos anos 1980. Ela conheceu o cantor, 17 anos mais velho, quando tinha 16 anos. Ela diz ter apenas recordações boas do relacionamento, e considera que a história do casal: "Daria um filme maravilhoso, belíssimo, só de coisa boa, de momentos bons, de aprendizado, de conhecimento espiritual".

"Eu era muito menina, mas eu praticamente aprendi, virei adulta, casada com ele. Eu tenho muito carinho pela minha história, muita gratidão de ter vivido o que vivi com ele. É um excelente companheiro, excelente marido e amigo. É um tesouro que a gente guarda para a vida", disse a atriz em entrevista à coluna de Patricia Kogut.

Myrian não está namorando e diz que é muito questionada sobre o assunto nas redes sociais. Ela diz que está bem assim, se dedicando aos filhos e à carreira. "Isso não quer dizer que eu determine: 'Nunca mais vou namorar'", comenta. Em 2019, ela disse que não beijava na boca há 17 anos.

Quanto ao contato online com fãs, ela diz que costuma republicar vídeos carinhosos que recebe de seguidores. "A cada mês é um vídeo diferente: da minha trajetória como atriz, dos aniversários dos meus filhos, do meu e do Roberto."

Em relação aos filhos, Myrian está cheia de orgulho da trajetória artística de Pedro Arthur, 19, e Edmar Mank, 24.

O mais velho é rapper e estuda produção fonográfica. Mora no Rio de Janeiro, com o pai, o médico Edmar da Fontoura Neto. Deixou a faculdade de Engenharia na PUC para seguir a carreira musical. Já o caçula é ator e mora com a mãe em São Paulo.

Myrian revelou em agosto de que teve Covid-19. "Fiquei sem olfato e paladar. Agora já estou recuperada. Fiz o isolamento de 15 dias e meu filho não pegou o coronavírus."