MV Bill protesta contra o governo em show na Virada Cultural e pede desculpa por errar letras

SÃO PAULO, SP (FOLHARPESS) - Durante a faixa "Respeito é pra quem tem", MV Bill puxa coro: "é para o povo de Brasília escutar". Em sequência, o rapper afirma que não precisa mencionar, nem xingar, o nome de qualquer político. "Quem acompanha nossa música sabe o que pensamos", explica.

O cantor disse ainda que o Brasil é um país repetente e que suas músicas mais antigas ainda são atuais. "Não sei fazer hits, minha onda é fazer clássicos e mais de 20 anos depois a minha letra continua atual e infelizmente não é porque fui visionário".

O show terminou às 18h09, e MV Bill e Kamila CDD se desculparam por errarem algumas letras.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos