Mulheres são mais propensas a perdoarem traições que os homens, diz pesquisa

Divulgação/Universal Pictures

Quem já passou por uma traição sabe o quanto é difícil esquecê-la e mais ainda perdoar o parceiro. Segundo estudo recente, as mulheres perdoam mais que os homens quando o assunto é infidelidade.

Realizado pelo site de relacionamentos Illicit Encounters, a pesquisa consultou cerca de 1,200 pessoas e concluiu que 60% das mulheres já perdoaram o parceiro após ser traída contra 38% dos homens que disseram ter perdoado uma infidelidade.

Os pesquisadores afirmam que um dos motivos é que as mulheres acreditam ser capazes de mudarem o companheiro, enquanto apenas 20% dos homens pensam ter essa habilidade e tendem a pensar que a parceira não vai mudar e poderá repetir o ato no futuro.

Isso indica que o grupo feminino tem mais propensão a ser traído por conta de sua natureza mais maleável. Uma vez que elas os perdoam, eles se sentem mais encorajados a traírem novamente.

“Se suas ações são menos propensas a terem consequências, então você não terá problemas em agir de acordo com o desejo. Isso infelizmente passa um sinal errado aos homens e muitos tiram vantagem disso”, disse um porta-voz do site.