Mulher se passa por homem, consegue fotos íntimas e ameaça vítima

Polícia apreendeu objetos na casa da suspeita. Foto: Divulgação/Polícia Civil de Minas Gerais

Uma mulher de São João del Rei, em Minas Gerais, enganou e conseguiu fotos íntimas de uma vítima ao se passar por um homem nas redes sociais. Suspeita de praticar “porn revenge”, a pornografia de vingança, ela foi presa no último dia 30 de setembro pela Polícia Civil de Minas Gerais.

Segundo informações da Polícia Civil, ela conseguiu se aproximar da vítima após criar alguns perfis falsos em redes sociais se passando por um homem. Após criar uma relação amorosa virtual por seis meses com a vítima, ela conseguiu dar mais um passo no falso namoro.

A suspeita passou a conseguir várias informações pessoais da vítima e também várias fotos em que a vítima aparecia nua. Ainda segundo as investigações, em determinado momento da conversa, a suspeita passou a ameaçar a vítima.

Leia também:

A ameaça era de que ela iria divulgar o material íntimo da vítima. Porém, as autoridades conseguiram chegar até ela por meio de um mandado de busca. Com ele, foram apreendidos aparelho celular, chips de celular e anotações.

A suspeita confessou o crime e foi presa preventivamente. Agora, ela vai ficar à disposição da Justiça. Ela irá responder por crime sexual por meio virtual, ameaça, falsidade ideológica e perturbação do sossego. Pela situação estar em um contexto de relação íntima de afeto, a aplicação da lei será feita com base na Lei Maria da Penha.